Mato Grosso, Sexta-Feira, 5 de Junho de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PANDEMIA ECONÔMICA

Voos comerciais são suspensos em 3 aeroportos de MT

Somente Marechal Rondon funciona e com capacidade reduzídissima

Da Redação

01/04/2020 às 09:26

Voos comerciais são suspensos em 3 aeroportos de MT
reprodução

Os voos comerciais regulares estão suspensos em três aeroportos do estado, durante período de pandemia do coronavírus. Nos aeroportos de Rondonópolis e Sinop a suspensão vale até 7 de maio.

Em Alta Floresta os voos só devem ser realizados depois do dia 30 de junho. O Aeroporto da região metropolitana continua operando, porém com restrições no número de voos.

Em Mato Grosso, 25 casos de coronavírus já foram confirmados, sendo 18 deles em Cuiabá, dois em Várzea Grande, um em Nova Monte Verde e quatro em Rondonópolis. A decisão foi das companhias aéreas.

A Centro-Oeste Airport, concessionária que administra os três aeroportos, informou que, nesse período, o terminal permanecerá aberto, com equipe reduzida, para atender a demanda gerada pela aviação executiva. Já o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, faz parte da Operação Malha Aérea Essencial, organizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

A iniciativa tem o objetivo de garantir que nenhum estado brasileiro fique sem ligação aérea por conta da pandemia. Dessa forma, ao longo do mês de abril, o aeroporto da região metropolitana continuará operando com voos comerciais de domingo a sexta-feira, tendo rotas regulares para São Paulo (SP), Campinas (SP) e Porto Velho (RO).

Os voos serão operados pelas empresas Azul, Gol e Latam. De acordo com a Centro-Oeste Airport, que também administra o Aeroporto Marechal Rondon, durante o mês de abril, no terminal, serão quatro pousos e quatro decolagens às segundas-feiras, às sextas-feiras e aos domingos.

Às terças-feiras e quintas-feiras serão dois pousos e duas decolagens e às quartas-feiras serão três pousos e três decolagens, apenas.A Azul Linhas Aéreas também suspendeu os voos comerciais de Sorriso/Cuiabá e vice versa