Connect with us

Hi, what are you looking for?

18/04/2024

Economia

Páscoa deve movimentar R$ 8,5 milhões nos pequenos negócios de Mato Grosso

Foto reprodução

Os preparativos para a Páscoa de 2024, celebrada no domingo 31 de março, já começaram para os pequenos negócios, que devem atrair 14% do público que planeja investir na compra de chocolates artesanais. Os dados são da “Pesquisa de Intensão de Consumo para a Páscoa”, realizada pelo Sebrae/MT (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso), que identificou o ticket médio de consumo de aproximadamente R$ 110 por pessoa para o período. Neste período, a expectativa é que os empreendimentos menores movimentem R$ 8,5 milhões, dos R$ 60 milhões que devem circular em todo estado.

“A distribuição de gastos varia conforme a faixa de renda”, explica Jaqueline Trentino, responsável pela pesquisa de intensão de compras para Páscoa do Sebrae/MT. Ela esclarece que destes “a maioria dos que ganham até um salário mínimo pretendem gastar até R$ 100, enquanto àqueles com renda entre um salário mínimo e 7 mil reais têm uma média de gastos de R$ 100 a R$ 200. Outra parcela deve investir acima de R$ 300”, conclui.

Conforme a pesquisa, fatores como preço e qualidade dos produtos (69%) devem ter uma influência significativamente nas decisões de compra. Os filhos (62%) deverão ser os principais destinatários dos ovos de Páscoa, seguido por autoindulgência (23%), sobrinhos (as) e afilhados (as) (22%) e parceiros (21%).

Artesanal ou industrializado?

Os chocolates industrializados aparecem como os favoritos dos consumidores (83%) lideram, já ovos e produtos artesanais devem representar 14% das vendas, o que para os pequenos negócios é uma oportunidade de vender e lucrar mais.

“Os industrializados ficam com a maior fatia das compras e tem estrutura para atender esta demanda. Porém, os pequenos negócios que têm uma produção menor e mais personalizados, conseguem inovar com produtos e estratégias diferenciadas, para não só atender o público previsto, mas também mudar a decisão do consumidor”, observa Denise Pimpim, gerente de Competitividade de Sebrae/MT.

A gerente do Sebrae/MT orienta aos empreendedores a se preparar e buscar inovações, estratégias e parcerias “porque este é o momento para que os empreendedores ampliem suas vendas, seja ele do setor de confeitaria, doces, embalagens, decoração e brindes. Eles podem construir parcerias entre eles, fazer cursos, e inovar para se destacarem na concorrência. A inovação pode ser em sabores, como, regionalidades e colocar personalidade ao produto. Com a Páscoa, por exemplo, é possível agregar valores subjetivos, como a criação de memórias afetivas por meio de sabores, formatos, texturas. Isso tudo pode interferir na escolha do consumidor por um produto artesanal”, destaca Denise.

Mercado digital

As redes sociais podem ser uma aliada na hora da conquista de novos clientes, principalmente aos empreendedores, pois segundo a pesquisa, 55% dos entrevistados pretendem realizam pesquisas de preço, e a maioria (24%) deve ser realizada em plataformas digitais, que, são os principais canais de vendas dos pequenos negócios, conforme a pesquisa ‘Transformação Digital nos Pequenos Negócios do Sebrae.

“A cada dez donos de pequenos negócios, sete usam as redes sociais para promover e comercializar seus produtos. Então, os empreendedores que querem alavancar nas vendas, precisam aproveitar essa vitrine digital para atrair novos clientes. Invista na criação de produtos diferenciados do que já temos nos mercados convencionais e com a estratégia certa, as redes sociais pode ser uma excelente ferramenta”, orienta Denise, ao sugerir cursos e mentorias ofertados pelo Sebrae/MT.

A celebração da Páscoa, para a maioria (71%), será em casa com familiares, refletindo a importância dos laços familiares e das tradições culturais. Além disso, há um aumento notável na população que está comprando nesta Páscoa em relação ao ano anterior, cerca de 17% a mais.

Dados da Pesquisa

A pesquisa de Intenção de Consumo para a Páscoa 2024 em Mato Grosso foi realizada via entrevistas telefônicas, entre os dias 29 de janeiro a 25 de fevereiro. Foram entrevistas 632 pessoas residentes em Mato Grosso. Para a sondagem utilizou-se a metodologia quantitativa, sendo que a margem de erro 5% para 95% de confiança.

O estudo teve como objetivo principal analisar as tendências de consumo e comemoração durante o período da Páscoa, além de traçar o perfil dos consumidores locais, fornecendo insights mais realista aos donos de pequenos negócios mais impactados pela data.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Geral

Supervisor de logística, atendente de telemarketing e operador de empilhadeira são algumas das oportunidades de emprego divulgadas nesta semana pelo Sistema Nacional de Emprego...

Geral

Um avião agrícola caiu, na tarde  desta sexta=feira (12) ,após o motor parar de funcionar na fazenda Estrela do Sangue, na Comunidade Água da...

Polícia

As investigações da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Civil, no âmbito da Operação Apito Final, apontaram que os advogados Jonas...

Polícia

O juiz federal Francisco Antonio de Moura Junior, da 1ª Vara Federal Cível e Criminal de Cáceres, derrubou a decisão que havia concedido liberdade...

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação