Mato Grosso, Quarta-Feira, 3 de Junho de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
COVID-19

Professores da Rede Municipal de Ensino em Sinop foram diagnosticados com COVID-19

Ministério Público já solicitou em 24 horas informações da quantidade de resultados positivos

Da Redação

20/05/2020 às 14:53

Professores da Rede Municipal de Ensino em Sinop foram diagnosticados com COVID-19

Mais dois servidores da Prefeitura foram diagnosticados com COVID-19, desta vez são professores da Rede Municipal de Ensino. Segundo informações que nos passou uma fonte, eles já teriam feito a contra prova e teria dado positivo. A fonte ainda nos confirmou que alunos e familiares estariam em isolamento com suspeita da doença, e que eles teriam sido contaminados nas entregas das cestas básicas que está sendo realizada nas unidades escolares. A Prefeitura não confirma a informação.

A SME determinou que as escolas do Município fossem fechadas imediatamente, segundo oficio até o material didático que estava sendo distribuído foi interrompido, sem data definida para retorno.

A Secretaria Municipal de Educação estava fazendo um protocolo para volta as aulas neste dia 18 de maio, por falta de equipamentos de segurança aos profissionais da educação a volta foi prorrogada, agora com essa informação de contaminação os rumos de volta as aulas devem ser alterados.

A uma preocupação que os números de contaminados em Sinop não sejam reais, tanto que o Diretor do Hospital Regional de Sinop, Jean Carlos Alencar, demostrou preocupação com a situação do município em entrevista a emissoras de TV, segundo ele o reflexo da falta de isolamento social pode ocorrer nos próximos 15 dias.

Diante dos fatos o Ministério Público já solicitou em 24 horas informações da quantidade de resultados positivos, bem como o número de colaboradores em isolamento domiciliar ou internação hospitalar que sejam servidores.

Segundo nos confirmou uma fonte dentro da Secretaria de Saúde, o município tem feito testes rápidos com os possíveis contaminados e os colocados em isolamento domiciliar, porem esses números não entram na estatística oficial de casos. 

Em contato com a Secretaria, a responsável pelo setor confirmou que os testes rápidos estão sendo feitos e muitos deles não vão para contra prova no LACEN, mas que a SMS faz o isolamento dos pacientes e o acompanhamento para saber o andamento do contaminado, informou ainda que este procedimento faz parte do Protocolo do Ministério da Saúde, porem os testes rápidos que estão sendo confirmados entram em uma estatística paralela desde a semana passada, e estão disponíveis no boletim oficial do Município, informaram ainda que o Ministério Público tem acompanhado todos os casos e procedimentos, o que mostra a transparência do trabalho.


A prefeitura publicou uma nota sobre o fato e isso nos trás alguns questionamentos:

Em nota a Prefeitura nega que as escolas foram fechadas por conta dos casos de COVID-19, porem não explicou de fato o porque, uma vez que as aulas estavam marcadas para ser retomadas neste dia 18 de maio, e segundo live da Prefeita Rosana Martinelli e Secretária de Educação, só não foram retomadas por não terem por exemplo os termômetros eletrônicos. A Prefeitura explica como as aulas seriam retomadas na última segunda-feira dia 18 DE MAIO, e não foi feita a desinfecção biológica?

Em entrevista a própria secretária de Educação confirmou que os trabalhos internos das escolas não haviam sido paralisado, que os professores estavam entregando conteúdos aos pais que iam buscar nas unidades, e as cestas básicas as famílias carentes? 

Mas confirma que de fato profissional de educação foi positivado para COVID-19.

Não cabe ao poder público maquiar a verdade ou até mesmo não encarar com a verdade aos fatos!


VEJA A NOTA DA PREFEITURA.

A Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura informa que:

- Não procede a informação de que as escolas municipais foram fechadas pelo fato de haver profissionais da Rede com coronavírus. As unidades estão sem aulas desde março deste ano, quando as atividades discentes e docentes foram suspensas. O fechamento, nesta semana, já estava programado, uma vez que esses espaços passarão pelo processo de desinfecção biológica nas áreas interna e externa, tal qual realizado, recentemente, em postos de saúde e ruas de Sinop.

- Todo o trabalho na rede de educação visa reforçar os protocolos de segurança, tendo em vista que a previsão é que a retomada das aulas ocorra em 01 de junho.

- Em relação à ocorrência de coronavírus, uma profissional da educação fez o teste rápido para coronavírus em um laboratório particular da cidade. O resultado foi positivo, mas não houve, até o momento, contraprova. Segue em acompanhamento pela Secretaria de Saúde.

Sinop, 20 de maio de 2020.