Connect with us

Hi, what are you looking for?

26/05/2024

Polícia

OPERAÇÃO TUDO 2 Organização criminosa em Barra do Garças é alvo de operação do Gaeco

A unidade do Grupo de Atuação Especial de Contra o Crime Organizado (Gaeco) de Barra do Garças, força-tarefa permanente constituída pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Polícia Penal e Sistema Socioeducativo Civil, deflagrou nesta quinta-feira (09) a operação Tudo 2. Foram expedidos pelo Juízo do Núcleo de Inquéritos Policiais de Capital (NIPO), 12 mandados de prisão e 11 de busca e apreensão. As ordens judiciais estão sendo cumpridas nos municípios de Barra do Garças, Pontal do Araguaia, Água Boa, Várzea Grande, Alto da Boa Vista e na cidade de Vila Velha, no Espírito Santo.

A operação conta com apoio das unidades do Gaeco de Cuiabá, Rondonópolis, Cáceres e Sorriso (ao todo são 41 agentes), Polícia Civil, Polícia Militar ( 36 policiais militares das Forcas táticas de Barra do Garcas e Várzea Grande) e do Departamento Especializado de Investigações Criminais da Polícia Civil do Espirito Santo (DEIC/ES).

Segundo o Gaeco, as investigações apuraram, até o momento, a participação de, pelo menos, 18 pessoas na organização criminosa, inclusive com o envolvimento de adolescente no grupo. Alguns dos integrantes já foram denunciados pela 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Barra do Garças por integrar o grupo criminoso em conexão com homicídio doloso consumado, ocorrido na cidade de Barra do Garças.

As investigações iniciaram após a notícia da existência de vários pontos de venda de drogas (“bocas de fumo”) instalados na cidade de Barra do Garças, cujas condutas, em tese, tipificadas no art. 33 da Lei n° 11.343/2006 (tráfico de drogas). Com o avanço das investigações, após ter sido constatado, também, eventual crime de integrar organização criminosa, a 1ª Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Barra do Garças declinou das atribuições e encaminhou o Procedimento Investigatório Criminal à unidade do Gaeco de Barra do Garças, que tomou as medidas jurídicas para a continuidade das apurações, culminando com as ordens judiciais de buscas e apreensões expedidas na operação realizada nesta quinta-feira (09).

O termo “Tudo2”, que se refere ao nome da operação, é um dos sinais utilizados pelos faccionados para se identificarem dentro da organização criminosa investigada.

EM ANDAMENTO: Até o momento, foram cumpridas onze prisões. Em uma delas, no município de Barra do Garças, o alvo reagiu e em confronto com a Polícia Militar foi atingido por disparo de arma de fogo e veio a óbito.

 

Assessoria

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Polícia

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira, 10/4, a Operação Caliandra, com o objetivo de apurar irregularidades na aplicação de recursos públicos federais repassados ao...

Polícia

Homem de 28 anos identificado como Márcio Vorico da Silva foi assassinado com pelo menos quatro tiros durante a noite de domingo (14), no...

Polícia

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Regional e 1ª Delegacia de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá), deflagrou na manhã...

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação