Connect with us

Hi, what are you looking for?

17/06/2024

Judiciário

ESPOSO TAMBÉM FOI DENUNCIADO Juiz recebe denúncia contra mulher que matou pai e irmão da amante de seu marido

Foto reprodução

Em decisão proferida nesta segunda-feira (29) o juiz Fernando Akio Maeda, da Vara Única de Terra Nova do Norte (675 km ao norte de Cuiabá), recebeu a denúncia contra Bruna Evangelista Tatiane Felski pelos assassinatos de Marcelo de Barros e Genuir de Barros. Também foi recebida a denúncia contra o marido dela, João Rodrigues Custódio, por porte de arma de fogo. As vítimas eram pai e irmão de uma mulher que, à época do crime, seria amante do então marido de Bruna, que estava grávida.

No documento o magistrado cita que o Ministério Público denunciou Bruna pelo homicídio, Rosilda Evangelista Felski e Valério Felski pelo crime de lesão corporal, e João Rodrigues Custódio por porte de arma de fogo.

Com relação a Rosilda e Valério o MP acabou oferecendo proposta de transação penal. O juiz agendou para o próximo dia 5 de junho a audiência para tratar sobre isso. Já com relação a Bruna e João, a denúncia foi recebida.

“Havendo prova da materialidade e suficientes indícios da autoria, recebo a denúncia ofertada em face de Bruna Tatiane Evangelista Felski e João Rodrigues Custódio, qualificados nos autos do processo, por satisfazer os requisitos do artigo 41 do Código de Processo Penal”, disse o juiz.

O caso

O crime ocorreu no início da tarde de 22 de outubro de 2022 em uma propriedade rural de Terra Nova do Norte. Motivada por ciúmes, Bruna foi até a propriedade rural supostamente para conversar com os pais da mulher que seria amante de seu marido. Contudo, uma confusão se instalou no lugar e os envolvidos começaram a se ofender.

Com os ânimos exaltados, em um dado momento a mulher pegou a arma de João e atirou contra Marcelo. Pai do jovem teria avançado contra Bruna e também foi baleado.

Neste ínterim, os pais de Bruna também participaram da briga segundo o inquérito. Valério teria dado um golpe com a lateral do facão em uma pessoa e a mãe ajudou a filha a puxar o cabelo de outra envolvida na confusão.

Genuir morreu no local, enquanto Marcelo foi levado até uma unidade médica, mas morreu durante o trajeto. Suspeitos fugiram do local e jogaram a arma em um rio.

 

 

Vinicius Mendes

Gazeta Digital

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Polícia

 Uma mulher ainda não identificada , morreu na manhã desta quarta-feira (05) ao ser esfaqueada dentro de uma quitinete na rua Versales, bairro Paris...

Polícia

A Polícia Civil prendeu no fim da tarde desta segunda-feira, 03 de junho, na cidade de Nova Maringá, o autor do feminicídio ocorrido neste...

Geral

Um jovem ainda não identificado morreu agora a pouco em acidente emvolvendo uma motocicleta e um caminhão basculante na estrada Adalgisa na frente de...

Polícia

Uma mulher de 24, foi encontrada morta na noite deste domingo em um matagal na rua das Orquidéas próximo ao Parque Florestal de Sinop....

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação