Judiciário

RETROATIVO Justiça manda Estado pagar adicional noturno a militares

Foto Reproduç]ao

Juiz da Vara Especializada em Ações Coletivas, Bruno D’Oliveira Marques, determinou que o Estado de Mato Grosso pague adicional noturno de 25% sobre a hora trabalhada, de forma retroativa, a alguns bombeiros e policiais militares. Desde o ano de 2020 o benefício foi declarado inconstitucional, mas o magistrado entendeu que o governo deve pagar o que foi trabalhado antes desta data.

A Associação dos Sargentos, Subtenentes e Oficiais Administrativos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiro Militar do Estado de Mato Grosso (Assoade) entrou com uma ação declaratória contra o Estado de Mato Grosso, no ano de 2016, buscando o pagamento do adicional noturno a seus associados.

A autora da ação narrou que apesar da Lei Complementar nº 555, de 29 de dezembro de 2014, estabelecer que compete ao Estado o pagamento do adicional noturno, a obrigação não vinha sendo cumprida e por isso a associação decidiu buscar a Justiça para representar os interesses de seus associados, exigindo o pagamento dos valores retroativos desde 29 de dezembro de 2024 aos militares prejudicados.

O Estado se manifestou alegando a inconstitucionalidade do adicional noturno.

Consta nos autos que, após o ajuizamento do pedido da Assoade, o adicional noturno acabou sendo declarado inconstitucional, com o trânsito em julgado certificado em 14 de abril de 2020.

Ao analisar o caso, o magistrado entendeu que o Estado deve pagar o adicional aos militares, porém apenas até a data em quem foi declarada a inconstitucionalidade do benefício.

“Julgo procedentes os pedidos deduzidos pela […] ASSOADE, o que faço para condenar o Estado de Mato Grosso ao pagamento do adicional noturno aos oficiais representados, no valor correspondente à 25% sobre a hora trabalhada entre o período de 22 horas de um dia e 05 horas do dia seguinte, […], até a data do trânsito em julgado […], que deverá ser devidamente acrescido de juros moratórios e correção monetária”, decidiu.

 

Vinicius Mendes

Gazeta Digital

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Economia

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) alerta os proprietários de veículos com placas final 6 que o prazo para o pagamento...

Judiciário

A Prefeitura de Feliz Natal em defesa apresentada a justiça, garante direito de realizar show na Expofeliz 2024. A decisão favorável a gestão foi...

Esportes

Encerra nesta sexta-feira (31.05) o prazo para os contribuintes de Mato Grosso aderirem ao Refis Extraordinário II e regularizarem seus débitos referentes ao Imposto...

Economia

Os contribuintes mato-grossenses têm o dia 31 de maio para aderir ao Refis Extraordinário II e regularizar débitos fiscais referentes ao Imposto sobre Circulação...

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação

Sair da versão mobile