Connect with us

Hi, what are you looking for?

15/04/2024

Judiciário

VAI PARA A CADEIA PÚBLICA Juiz determina prisão preventiva de empresário acusado de matar mulher trans a facadas e desovar corpo

Foto Reprodução

O juiz da 2ª Vara Criminal de Lucas do Rio Verde (334 km de Cuiabá), Fábio Petengill, determinou a prisão preventiva do empresário Jorlan Cristiano Ferreira, de 45 anos, que foi preso acusado de matar a jovem transexual Mayla Rafaela Martins, de 22 anos, com facadas. Agora, ele deverá ser transferido para a Cadeia Pública.

Na audiência de custódia realizada na quarta-feira (17), o magistrado converteu a prisão em flagrante para preventiva.
Mayla foi assassinada na terça-feira (16). Ela foi morta com duas facadas no rosto e tórax. Segundo as informações da Polícia Civil, Jorlan enrolou o corpo da vítima em uma lona usada para cobrir uma piscina.

Depois, o empresário colocou o corpo da vítima no porta-malas de um carro. Ela foi levada até a estrada Morocó, onde foi desovada.

Empresário do ramo alimentício, Jorlan foi detido no bairro Bandeirantes. Os policiais chegaram ao suspeito, depois de descobrirem que o homem utilizou um veículo VW Polo, da sua esposa, para supostamente desovar o corpo da mulher.

Jorlan admitiu, de forma informal, que a faca e a lona da piscina – utilizada para desovar o corpo de Mayla, eram dele.

Motivação

O Olhar Direto teve acesso ao áudio em que o empresário detalha como matou a facadas Mayla. Jorlan alegou que o fato aconteceu após um desacordo financeiro relacionado a um suposto roubo anterior.

Na gravação, o rapaz confessa informalmente a agentes da polícia civil que a mulher teria roubado o estabelecimento dele e levado todo o dinheiro do caixa.

Amanda Divina

Olhar Direto

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Polícia

A equipe da Delegacia de Diamantino cumpriu nesta quinta-feira (11.04) o mandado de prisão de um policial penal condenado a nove anos de reclusão...

Judiciário

A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso julgou e rejeitou nesta quarta-feira (10) um recurso apresentado pela defesa...

Judiciário

Juiz da Vara Especializada em Ações Coletivas, Bruno D’Oliveira Marques, determinou que o Estado de Mato Grosso pague adicional noturno de 25% sobre a...

Polícia

O juiz federal Francisco Antonio de Moura Junior, da 1ª Vara Federal Cível e Criminal de Cáceres, derrubou a decisão que havia concedido liberdade...

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação