Polícia

FUNCIONÁRIO DO MÊS Polícia Civil cumpre 54 ordens judiciais contra investigados por furtos de R$ 3,5 milhões em peças automotivas

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), deflagrou na manhã desta quinta-feira (16.11), a Operação Funcionário do Mês, para cumprimento de 54 ordens judiciais, contra uma associação criminosa envolvida no desvio de mais de R$ 3,5 milhões em peças automotivas.

Entre as ordens judiciais estão cinco mandados de prisão preventiva, 18 de busca e apreensão domiciliar, além de 31 medidas cautelares diversas. Os mandados são cumpridos nas cidades de Rondonópolis, Campo Verde, Jaciara e Lucas do Rio Verde.

As investigações coordenadas pelo delegado da Derf Rondonópolis, Fábio Nahas, iniciaram no mês de agosto, identificando uma associação criminosa, liderada por um funcionário da empresa vítima. Durante os trabalhos, foram identificados pelo menos 180 furtos qualificados praticados contra empresa, entre os meses de junho a outubro deste ano.

Com base nas investigações, foi representado pelas ordens judiciais contra o funcionário da empresa e outros quatro integrantes do grupo, identificados nas investigações, que foram deferidas pela Justiça e cumpridas nesta quinta-feira (16).

Investigações

Após a denúncia de desvio de mercadorias ser comunicada à Derf, foi instaurado procedimento investigativo para apurar o crime de furto qualificado pelo abuso de confiança, tendo como alvo principal o funcionário da empresa revendedora de peças automotivas, que atuava no setor de vendas no atacado.

Responsável pelo atendimento de grandes clientes, foi identificado que o investigado desviou, de forma premeditada e reiterada, peças e pneus, causando um prejuízo estimado em R$ 3,5 milhões para a vítima.

Usando da sua posição de confiança na empresa e perante os consumidores, o investigado promoveu vendas fictícias com base nos limites de crédito dos clientes, desviando as mercadorias para endereços de entrega divergentes dos mencionados nas notas fiscais.

Para prática dos crimes, o investigado contou com o apoio de mais quatro suspeitos que auxiliavam na subtração das peças. Nas investigações também foram identificados receptadores das mercadorias em diversos municípios do Mato Grosso.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Polícia

A Polícia Federal e o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco/MT), força-tarefa permanente constituída pelo Ministério Público do Estado de Mato...

Polícia

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), deflagrou na manhã desta terça-feira (27.02), a segunda fase da Operação...

Política

O governador Mauro Mendes garantiu, nesta quinta-feira (22.02), durante a cerimônia de posse do novo presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), que o...

Polícia

Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERFVA), deflagrou na manhã desta quinta-feira (22.02), a Operação Cativo...

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação

Sair da versão mobile