Connect with us

Hi, what are you looking for?

01/07/2022

Jogo Bruto

SINOP: Quem está pronto para a nova política

As lideranças políticas de Sinop precisam urgentemente pensar na representatividade da maior cidade no norte de Mato Grosso, tanto no congresso nacional como na assembléia legislativa.

É preciso ter a noção exata que a velha política acabou, os eleitores de outrora é minoria e novas pessoas que não conhecem a história ou curriculum das lideranças regionais são a maioria.

A Capital do Nortão tem hoje um deputado federal e um deputado estadual como representantes eleitos pelo município. Convenhamos muito pouco, se lembrarmos Sinop chegou a ter três deputados estaduais e um deputado federal. Mas o que aconteceu?

É difícil explicar, mas uma coisa é certa, as lideranças se afastaram da base, esqueceram de estar presente e viver a politica local e regional, vinham em épocas de eleição e se achavam no direito de falar dos seus feitos de décadas atrás e pensavam que com isso o eleitor teria a obrigação de depositar o voto neles.

Foram derrotas acachapantes nas urnas, perda da base eleitoral e pior faltou alto crítica, vinda da arrogância do poder, falam muito e não ouvem absolutamente nada ou ninguém.

Estamos em abril e temos poucos nomes trabalhando num projeto coletivo, a maioria em projetos pessoais sem grupo, sem representatividade.

Nilson Leitão por exemplo, será candidato ou teremos apenas Juarez Costa? Será que o eleitor que não vota em JC não terá outra opção de peso?

Alguns podem falar mas e a Alice (Rosana)? Me poupe, esta senhora não conseguiu articular um grupo em 4 anos, mesmo no poder com dinheiro a rodo pra gastar em obras, foi incapaz de viabilizar sua candidatura a reeleição, a prova disso foi a convenção do PL, constrangedor o que aconteceu, a pessoa ser incapaz de encontrar um vice.

Para deputado estadual o drama é um pouco menor, Adenilson Rocha tem a dois anos trabalhado firme, não podemos esquecer do Professor Hedvaldo que por fora nunca negou que é pré candidato.

Dilmar Dal’ Bosco é um político em queda livre na região, se perguntar a um sinopense se ele é representante da cidade qual será a resposta? Cada vez tem menos votos e se depender da região norte pode ficar de fora. Claro que como político de carreira ele foi buscar musculatura política em outros cantos de Mato Grosso.

A política mudou e o eleitor é o responsável por isso, as redes sociais deram voz e ouvidos a todos com ou sem poder.

Ter um grupo forte e não apenas meia dúzia de puxa é fundamental para uma eleição. Se foi o tempo de tapinha nas costas, o candidato precisa ser líder, exercer a liderança não com falácias, mas com presença e exemplo.

Fica a pergunta, quem temos em Sinop com este perfil, salvo um ou dois? As velhas figuras desidrataram e pior o que de novo ou renovado temos? As eleições nos dira.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias Relacionadas

Política

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) em Mato Grosso sente o nocaute com a saída de lideranças que garantiam a sustentação da sigla,...

Jogo Bruto

Dois rivais nas eleições de 2018 devem ser aliados em 2022, estou falando de Adenilson Rocha e Ícaro Severo. Já se passaram 4 anos,...

Jogo Bruto

Os bastidores políticos para as eleições 2022 estão a todo vapor. Uma fonte me confirmou que o Deputado Júlio Campos convidou pessoalmente o Ex-Juiz...

Política

Uma das lideranças petistas em Mato Grosso, o deputado estadual Lúdio Cabral afirmou que o PT não precisa do apoio político do agronegócio nas...

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação