Connect with us

Hi, what are you looking for?

29/06/2022

Política

Deputado petista diz que PT não precisa do agro para ganhar as eleições

Uma das lideranças petistas em Mato Grosso, o deputado estadual Lúdio Cabral afirmou que o PT não precisa do apoio político do agronegócio nas eleições para presidente deste ano. A sigla tem como pré-candidato o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Para Lúdio, o setor tem recursos no entanto não traz votos.

“O agronegócio tem representantes políticos que de forma oportunista estão buscando aproximação com a candidatura do Lula, mesmo fazendo parte da base de sustentação do Governo Bolsonaro. É uma contradição”, afirmou o petista à imprensa.

“O PT e o Lula não precisam do agronegócio em Mato Grosso. Não tem essa necessidade. Porque o agronegócio não tem voto, ele tem dinheiro. E nós não precisamos de dinheiro para vencer as eleições”, emendou.

Apesar da fala de Lúdio, o ex-presidente tem se reunido rotineiramente com pessoas do setor.

Nos bastidores, circula que grandes produtores do agro do Brasil, entre eles um “barão” do algodão de Mato Grosso, chegaram a se reunir com o ex-presidente tratar do pleito no fim do mês passado.

Questionado se essa aproximação de Lula com os “barões” do agronegócio, e até com banqueiros, Lúdio afirmou que a o ex-presidente vem buscando construir uma “ampla aliança” mas não precisa de “apoio colonialista” do agronegócio.

“É lógico que o Lula vai buscar uma ampla aliança política para sustentar a candidatura dele, mas em função daquilo que o Brasil precisa para se recolocar no cenário internacional, na geopolítica internacional, na soberania para fazer um modelo de desenvolvimento econômico que seja justo. Ele não precisa do apoio colonialista do agronegócio”, afirmou.

Contradições em MT

Segundo Lúdio Cabral o agronegócio é o protagonistas da alta concentração de renda que há no Estado.

“O agronegócio é responsável pelas contradições que o Estado tem. Se nós temos fila do osso em Mato Grosso isso se deve a uma política de preços que enriquece os poderosos do agronegócio”.

“Temos 500 mil pessoas passando fome em Mato Grosso, ao mesmo tempo em que o Estado exporta milhões de toneladas em soja, em dolar, para enriquece alguns poucos”, completou.

 

Fonte – MídiaNews

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias Relacionadas

Jogo Bruto

O nobre presidente do Legislativo sinopense, em Sessão criticou fortemente secretários que foram a Cuiabá participar de reuniões com o Governo do Estado e...

Economia

O mês de junho está recheado de possibilidades para ingresso no serviço público. São seletivos e concursos com vagas para todos os níveis de...

Educação

Em abril, o Brasil criou 196.966 novos empregos formais. O saldo é resultante de um total de 1.854.557 admissões e de 1.657.591 desligamentos. Com...

Geral

Estão abertas, para agricultores familiares de Mato Grosso, as inscrições para participar do Programa Alimenta Brasil 2022 (PAB), antigo Programa de Aquisição de Alimentos...

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação