Geral

Juiz Derruba Decisão De Mirko, E Aguas De Sinop Pode Cobrar Reajuste

Capturefile: G:ÆäÀÌÁî¿ø¿øº»3water Cwater Cwater C-098.tif CaptureSN: CD000868.004802 Software: Capture One DB for Windows

O juiz de Cuiabá Alexandre Elias Filho, derrubou em decisão, a ação do Juiz Mirko Vicenzzo Gianotte da 06ª Vara Civil, que suspendeu  a cobrança da tarifa da Águas, em relação a concessionária Aguas de Sinop. A decisão foi feita no início da tarde desta sexta-feira (28).

Em conjunto com a Câmara Municipal de Vereadores e a Prefeitura de Sinop, no início da semana, a tarifa das águas de Sinop, foi derrubada através do Juiz Mirko. Com apenas alguns dias, outro magistrado, muda a história permitindo que agora a concessionária venha e realize o reajuste nas faturas.

Em decisão, o Juiz Alexandre informou que o município criou a sua agência reguladora, que tem a competência em revisar as tarifas, sendo o caso de autorizar os reajustes conforme previsto em lei

“Art. 6º. Sem prejuízo de outros poderes de regulação sobre serviços públicos que possam vir a ser delegados à Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Município de Sinop – AGER Sinop, as seguintes atribuições básicas serão de sua competência: […]”

“V – Fixar critérios para o estabelecimento de tarifas dos serviços públicos delegados, bem como promover o reajuste, revisão e aprovação em consonância com as normas legais e contratuais, enviando para o Poder Legislativo Municipal, em até 20 (vinte) dias antes da entrada em vigor da nova tarifa, as planilhas de custos e outros elementos atualizados para a sua fixação.” [Destaquei].

No documento, o Magistrado informou que a legislação deu competência para a empresa reguladora de realizar tais ações mediante os levantamentos necessários, para garantir o equilíbrio econômico-financeiro ao contrato firmado. O juiz ainda disse que a AGER de Sinop apenas exerceu o seu papel de poder regulatório e atribuições previstas na lei Municipal.

Alexandre incluiu em sua decisão a preocupação do município com o impacto negativo que o reajuste da tarifa pode causar, devido ao momento pandêmico. Mas, o magistrado acredita que a suspensão da tarifa “poderá intensificar o desiquilíbrio contratual, afetando a continuidade, a regularidade, a segurança e a eficiência do serviço público essencial de abastecimento de água e esgoto sanitário, atingindo, de modo negativo, os seus usuários.”

No final do documento, o Juiz informou sua decisão e reestabelece a decisão administrativa da AGER de Sinop, sobre o reajuste tarifário da água

 

 

Fonte Rafaela Bonifácio

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias Relacionadas

Política

Com a aprovação do novo Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), ocorrida nesta segunda-feira (27), em votação na Câmara Municipal de Vereadores, o prefeito...

Economia

O litro da gasolina ficou R$ 0,20 mais caro a partir de hoje (18), nas refinarias da Petrobras. Com isso, o preço do combustível vendido...

Economia

x A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (17) reajustes de 5,2% no preço da gasolina e de 14,2% no preço do diesel. Os novos valores passam...

Geral

Em julgamento de auditoria de conformidade na sessão ordinária desta terça-feira (14), o Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) apontou a razoável evolução...

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação

Sair da versão mobile