Connect with us

Hi, what are you looking for?

08/12/2021

Judiciário

Réu é condenado a 18 anos e três meses de reclusão

Denunciado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso por feminicídio praticado contra Celina Deusa do Nascimento, Willian Gonçalves da Silva, vulgo Railan, foi condenado nesta quarta-feira (20) a 18 anos e três meses de reclusão, no município de Alta Floresta. O réu terá ainda que pagar uma indenização no valor de R$ 55 mil aos familiares da vítima.

De acordo com o promotor de Justiça que atuou no Júri, Paulo José do Amaral Jarosiski, todas as qualificadoras apresentadas pelo MPMT em plenário foram acolhidas. Os jurados entenderam que o homicídio foi cometido por motivo torpe, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima e por razões da condição de sexo feminino (feminicídio).

Segundo a denúncia do MPMT, o crime foi cometido no dia 12 de março do ano passado, por volta das 20h, em via pública no bairro Bom Jesus, em Alta Floresta. A vítima foi atingida por oito golpes de faca. O réu foi preso em flagrante e não poderá recorrer da sentença em liberdade.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação