Connect with us

Hi, what are you looking for?

16/08/2022

Geral

Com sinalização de manter greve, professores realizam assembleia na 2ª

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público (Sintep-MT) realiza sua Assembleia Geral na segunda-feira (01), às 14h30, na Escola Estadual Presidente Médici, em Cuiabá. No debate serão feitas as avaliações do documento do governo e os encaminhamentos do movimento paredista.

Na última quinta-feira, os representantes do sindicato estiveram reunidos com a equipe do Governo em audiência de conciliação no Tribunal de Justiça do Estado. Na ocasião, o Executivo apresentou uma proposta sobre o corte de pontos dos profissionais que mantiveram a greve. 

O Governo afirmou que, caso o movimento paredista seja encerrado na terça-feira, pagará, no dia 20 de julho, 50% dos salários cortados entre maio e junho. O restante, será pago em 10 de agosto.

Porém, o sindicato ficou insatisfeito com a falta de proposta para cumprir a Lei 510/2013, que prevê a dobra do poder de compra dos profissionais da Educação até 2023. Para este ano, estava previsto reajuste de 7,69%, o que o Governo alega não ter condições de cumprir por estar estourado na Lei de Responsabilidade de Fiscal nos gastos com pessoal.

A proposta do Executivo é pagar os reajustes após entrar nos limites da LRF, que é de aplicar até 49% da arrecadação com salários. Os professores, porém, cobram algo concreto, com prazos e valores já pré-definidos.

Como isso ainda não ocorreu, a tendência é de que a greve seja mantida, já que, desde a reunião no Tribunal de Justiça, diversos atos para chamar a atenção da sociedade foram realizados. Na tarde de sexta-feira (28.06) uma Marcha em Defesa da Educação Pública e do direito dos trabalhadores, percorreu o Centro Político Administrativo (CPA), da Capital, manifestando repúdio a truculência do governo, "que insiste em punir a luta por direitos com corte de pontos e não avança com propostas nas reivindicações fundamentais".

O ato teve o apoio e a participação de familiares e estudantes da escola pública estadual. Juntos manifestaram o apoio as reivindicações do educadores.

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias Relacionadas

Endereço: Rua Ema Klunk, 274 - Jardim Safira - Sinop/MT CEP:78.551-366 CNPJ: 37.095.341/0001-06 Razão Social: M. L. JORDAN LTDA Nome Fantasia: Site Só Informação