Mato Grosso, Sexta-Feira, 18 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
3ª ETAPA

Prefeitura de Sinop inicia última etapa da campanha nacional de vacinação contra gripe

A vacina está disponível, de segunda à sexta-feira, em 16 locais

Da Redação

09/06/2021 às 12:30

Prefeitura de Sinop inicia última etapa da campanha nacional de vacinação contra gripe
Secom /PMS

A Secretaria Municipal de Saúde inicia, nesta quarta-feira (09/06), a terceira e última etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza (gripe). Nesta fase, serão atendidas as pessoas com deficiência permanente ou comorbidades; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros (urbano) e de longo curso; trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; forças armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade e, também a população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas. A expectativa, conforme levantamento feito pela Secretaria de Estado de Saúde, é atender cerca de 8,9 mil pessoas nesta etapa.

A vacina está disponível, de segunda à sexta-feira, em 16 locais, entre Unidades Básicas de Saúde e os Centros Integrados de Atendimento. Para receber o imunizante, os trabalhadores devem comprovar vínculo ativo (como carteira assinada ou holerite atualizado, por exemplo). Já nos casos de pessoas com comorbidades, a condição pode ser comprovada por meio do laudo médico ou receita atualizada. Também é fundamental a apresentação de algum documento oficial com foto e o cartão de vacinas.

A campanha de vacinação contra a gripe começou em abril e foi dividida em etapas. A primeira foi destinada para crianças entre 6 meses até 6 anos de idade, grávidas e puérperas e trabalhadores da saúde. Na segunda, foi voltada para professores e idosos acima de 60 anos. A meta, incluindo as três etapas, é atender um público aproximado de 45,4 mil pessoas. Até o momento, dados do Ministério da Saúde apontam que 13,7 mil doses foram aplicadas, o que corresponde a cerca de 30,3% da cobertura vacinal. Percentual que está acima da cobertura estadual, de 26,6% (326,7 mil doses aplicadas).

Para as pessoas que compõe os grupos chamados nas etapas anteriores e que, por algum motivo, não compareceram até alguma unidade de saúde, a vacinação também segue disponíveis nos locais abaixo:

Das 7h30 às 10h30 e das 13h às 16h30:

UBS Alto da Glória;

UBS São Francisco;

UBS São Cristóvão;

UBS Camping Club;

UBS Gente Feliz;

UBS Primaveras;

UBS Palmeiras;

UBS Nações;

UBS Oliveiras;

UBS Maria Vindilina II;

UBS Violetas;

UBS Ibirapuera;

 

UBS Sabrina – das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30;

 

Centro Integrado de Atendimento (CIA) André Maggi – das 7h30 às 10h30 e das 13h às 16h30;

Centro Integrado de Atendimento (CIA) Umuarama - das 7h30 às 10h30 e das 13h às 16h30;

Centro Integrado de Atendimento (CIA) Jacarandás – das 6h às 12h;

 

RECOMENDAÇÕES

Conforme orientação do Ministério da Saúde, a vacinação contra gripe deve respeitar o período mínimo de 14 dias de intervalo após a aplicação da vacina contra Covid-19 (no caso de idosos, trabalhadores da saúde e professores, por exemplo).

A outra recomendação é direcionada às pessoas que estão com suspeitas ou em caso de casos confirmados de Covid-19. “Recomenda-se o adiamento da vacinação contra a influenza nas pessoas com quadro sugestivo de infecção pela Covid-19 em atividade para se evitar confusão com outros diagnósticos diferenciais. Como a piora clínica pode ocorrer até duas semanas após a infecção, idealmente a vacinação deve ser adiada até a recuperação clínica total e pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas ou quatro semanas a partir da primeira amostra de PCR positiva em pessoas assintomáticas”, destaca o documento.