Mato Grosso, Sexta-Feira, 18 de Junho de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
SAÚDE E BELEZA

O uso das máscaras despertou a procura pelo botox

Parece brincadeira, mas muitos clientes têm procurado realçar o olhar por meio da toxina botulínica.

Da Redação

22/04/2021 às 16:30

O uso das máscaras despertou a procura pelo botox

Outro dia parei para observar um detalhe na minha agenda e, acabei descobrindo o número de pacientes novos que passaram pelo meu consultório para fazer o procedimento de harmonização facial por meio do botox,  olha que engraçado, a maioria disse que passou a prestar mais atenção na região dos olhos a partir do momento que começaram a usar as máscaras. Pode até parecer estranho falar sobre isso neste momento, porém, mesmo com a pandemia as pessoas têm se preocupado com a aparência, se preocupam em transmitir a alegria com o sorriso nos olhos sem as ruguinhas ou marquinhas de expressão. Isso não é ruim.

A maioria das pessoas tem dúvida com relação à idade mínima para iniciar as aplicações de botox para fins estéticos. Com toda certeza, posso afirmar que para o tratamento de rugas não existe idade mínima. Há muitos anos atrás achavam que injetar botox era para pessoas mais velhas, pode esquecer, isso é mito. O procedimento é indicado, principalmente às pessoas muito expressivas, com a finalidade de prevenir a formação dessas rugas mais profundas no futuro.  Mas atenção! Tudo na dose certa. Quanto mais cedo as rugas de expressão são tratadas, menores são as chances de tratamentos mais invasivos.

Outra dúvida frequente é o tempo de duração da subistância, bom, isso depende muito mais da técnica, em alguns casos identificamos o conhecido ‘efeito vacina’. Uma observação importante é sempre atestar se a marca está devidamente liberada pela ANVISA, e se apresenta estudos científicos comprovando sua eficácia. Vale ressaltar que o efeito varia de pessoa para pessoa, bem como da área e dose aplicada. Na maioria das vezes o período de duração é entre quatro a seis meses, mas esse tempo vai depender da rotina, a exemplo de atletas ou pessoas que ficam expostas ao sol.

Agora sobre o período da pandemia, ratifico todos os cuidados com relação à biossegurança. Passamos por um período incerto, tempo que percebemos a necessidade de ter qualidade de vida e, o autocuidado é um item importante a preservar, até porque é parte motivadora da autoestima. Não deixe de planejar, de se cuidar, vamos acreditar que dias melhores estão por vir.

Erlice Vuaden é cirurgiã-dentista (CROMT 1671), especialista em dentística e atua na área Harmonização Orofacial. Contato 65 98112 26 26.

 

Fonte - Assessoria/Vania Neves