Mato Grosso, Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021
Logo Só Informação
Informe Publicitário
REATIVADOS

Senador confirma reativação de leitos de UTI Covid de Sinop

Ainda esta semana devem ser contratados médicos e enfermeiros intensivistas para as UTIs

Da Redação

12/01/2021 às 17:39

Senador confirma reativação de leitos de UTI Covid de Sinop
reprodução

Desde o dia 28 de dezembro de 2020 que a CDL, a prefeitura de Sinop, outras entidades locais, além de deputados e senadores parceiros do município tem enviado ofícios e conversado com o governo do estado para que sejam reativados os 10 leitos de UTIs do Hospital Regional que estão desabilitados.

Só a CDL encaminhou oficio ao Governador MAURO MENDES, ao senador CARLOS FÁVARO, ao Secretário Estadual de Saúde GILBERTO FIGUEIREDO, ao Diretor do Hospital Regional de Sinop JEAN CARLOS ALENCAR, aos deputados Federal JUAREZ COSTA, Estadual DILMAR DAL BOSCO e outros deputados da região.
Além disso o Presidente da CDL Sinop Marcos Antônio Alves esteve em Cuiabá para pressionar o governo do estado e agilizar a reativação dos leitos de UTI. Na ocasião reuniu-se com o Senador Carlos Fávaro, que garantiu empenho na luta pela saúde de Sinop.

Nesta terça-feira, dia 12 de janeiro o Senador Fávaro trouxe boas notícias a CDL e a toda Sinop. “Estive na Secretaria de Saúde aqui do Estado e recebi ótimas informações, os equipamentos necessário continuam no Hospital Regional de Sinop apenas aguardando a reativação e a secretaria já iniciou a contratação do corpo clínico que atuará nas UTIs. Ainda essa semana devem ser contratados médicos e enfermeiros intensivistas e em breve as 10 UTIs de Sinop serão reabertas”, disse o senador parabenizando a CDL e todos que estão nesta luta.

“Ficamos muito felizes com as boas notícias, quanto antes tivermos esses leitos reativados mais vidas serão salvas por isso continuaremos cobrando até que de fato aconteça”, pontuou o presidente da CDL Marcos Antônio Alves que lembrou a importância de empresários e, principalmente a população continuar com as medidas protetivas.

“Lembrem-se de tudo que foi feito até agora, estes esforços não podem ser em vão, ainda temos uma grande batalha pela frente então continuem se cuidando e cuidando do próximo. ?Usem e exijam a máscara, ? Usem e disponibilizem álcool 70%, ? mantenham o distanciamento e ? mantenham-se saudáveis, pratiquem exercícios”, finalizou.