Mato Grosso, Domingo, 29 de Novembro de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PORTAL DO AGRONEGÓCIO

Sinop busca organização coletiva para desenvolver setor do turismo de forma integrada

O trabalho está sendo desenvolvido pela empresa Agricon, com sede no Estado do Mato Grosso Sul e Seb

Da Redação

20/11/2020 às 09:27

Sinop busca organização coletiva para desenvolver setor do turismo de forma integrada
reprodução

Inserida no Portal do Agronegócio, classificação dada pelo Ministério do Turismo, Sinop participou, ontem, quarta-feira, 18, de uma consultoria oferecida pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) voltada para o fortalecimento do setor do turismo. A reunião técnica tratou de estratégias para um desenvolvimento regional envolvendo os 10 municípios que compõem a Associação Turística Portal do Agronegócio formada por Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Nova Ubiratã, Tapurah, Cláudia, Santa Carmem, Porto dos Gaúchos, Novo Horizonte do Norte e Sinop.

De acordo com o diretor de Sebrae de Lucas do Rio Verde, Renato Magalhães, que é quem está capitaneando esse processo, o Serviço tem recursos disponíveis para investimento, mas primeiro é necessário uma organização do setor. “Por isso que nós colocamos no nosso plano de ação para o ano que vem, ajudar esses municípios a trabalharem na parte do turismo. A cadeia do turismo é muito grande. É bar, restaurante, hotel, entretenimento. Isso, depois a gente vai segmentar tudo para fazer os atendimentos. Além de ser uma facilidade para o Sebrae, é também, uma forma de estarmos transformando a cadeia de cada município”.

Durante a reunião técnica entre os 10 municípios, eles buscaram identificar os pontos e potenciais de cada um para, assim, formatar produtos de forma integrada. As turismólogas do município, Leidiane Viegas e Iara Knnaben, explicam que Sinop, assim como as demais cidades do IGR que formam o Portal do Agronegócio têm grande potencial para negócios e eventos “Com todos esses atrativos identificados, podemos discutir metas, planejar essa movimentação de pessoas com a disponibilidade de novas rotas aéreas, facilidades na compra de passagens, informações sobre os destinos disponíveis, propostas de entretenimento e negócios. Precisamos destacar o que cada município tem para oferecer e trabalhar roteiros principais e secundários. Fortalecer essa atividade e aquecer a nossa economia”, ilustra Viegas.

Knabenn lembra que a união servirá, também, para subsidiar mais infraestrutura para os municípios. Se Sinop oferece a marina como opção de lazer ou o lago da usina, que o Poder Público invista em uma estrada pavimentada ou, pelo menos, de melhor acesso. “Treinamentos para garçons, produção de material de divulgação e inserção de mídias, distribuição de flayers em aeroportos ou secretarias de outras cidades também é estratégia para a atração de pessoas e desenvolvimento do turismo regional e de forma integrada para toda essa região. O plano é promover e desenvolver o turismo de forma totalmente integrada com os 10 municípios, pois sozinhos não conseguiremos, nem recursos, nem sucesso”.

O trabalho está sendo desenvolvido pela empresa Agricon, com sede no Estado do Mato Grosso Sul e Sebrae, em forma de parceria. A reunião técnia entre os municípios foi realizada em Lucas do Rio Verde, cidade escolhida pela distãncia intermediária entre os participantes.