Mato Grosso, Domingo, 9 de Agosto de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
HOSPITAL REGIONAL DE SINOP

Gilberto Figueiredo recrimina responsabilizar HRS pelo número de óbitos em Sinop

O Principal responsabilidade esta em medidas que hora não são anotadas no município

Rudy Roger Vaz

16/06/2020 às 11:47

Gilberto Figueiredo recrimina responsabilizar HRS pelo número de óbitos em Sinop

Em coletiva virtual pelo facebook do Governo do Estado o Secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo recriminou responsabilizar o Hospital Regional de Sinop pelo número de óbitos de Covid-19 no Município, segundo ele o principal responsabilidade está nas medidas que não são tomadas no município.

"Não vamos agora colocar nas costas dos profissionais de saúde dos hospitais a responsabilidade pelos óbitos, o Principal responsabilidade esta em medidas que hora não são anotadas no município e fazem com que o crescimento dos casos, acabe levando as unidade de saúde um número substancial" Afirmou o Secretário.

Gilberto Figueiredo afirma que os pacientes já estão chegando nos hospitais em estado Gravissima, segundo ele nas etapas anteriores os paceites não estão recebendo a recomendação que seria a ideal e muitos estão sendo encaminhados no atendimento primario para fazer o tratamento em sua casa.

O Secretário pede para que o comportamento da população e dos gestores se atentem as recomendações que são orientadas para o momento, e questiona as medidas que a Prefeitura está tomando para evitar a diciminação da doença e diz que as eleições deste ano tem interferido nas decisões que estão sendo tomadas.

"Será quer lá estão tomando as medidas corretas para evitar isso? existe um decreto nosso do Governo do Esdado sugerindo a adoção de medidas um pouco mais rigidas, mas eu sei que é dificil né? É um momento político tem eleição esse ano os gestores tem dificuldade porque toda decisão gera um desconforto, de um lado tem quem aprove e do outro tem quem reprove". Disse Gilberto na coletiva.

Segundo o Secretário Mato Grosso está em terceiro lugar em numero de mortes por Covid-19, o Brasil tem mais de 45 mil óbitos e seria injusto colocar essa culpa nos profissionais de saúde. Ele pede que a população de Sinop encare o Coronavírus como uma realidade.

Na coletiva o Gilberto Figueiredo disse que mais 10 leitos de UTI deve ser implantada no Hospital Regional de Sinop nos próximos dias, atendendo a solicitação do presidente do consório Teles Pires, passando para 30 UTIs disponível só para atendimento do Novo Coronavírus.


VEJA A RESPOSTA DO SECRETÁRIO: