Mato Grosso, Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
PRTESTO

Professores interinos fazem protesto para cobrar auxílio do Governo

O auxílio é de R$ 1.1 mil

Da Redação

02/06/2020 às 09:00

Professores interinos fazem protesto para cobrar auxílio do Governo
reprodução

Profissionais interinos da Rede Estadual de ensino em Sinop, vão fazer um protesto a partir das 10h00 da manhã desta terça-feira (02), em frente a assessoria pedagógica, para sensibilizar o governador Mauro Mendes que sancione o Projeto de Lei aprovado pela Assembléia Legislativa que prevê o pagamento de auxílio temporário de R4 1.1mil aos professores que não tiveram os contratos renovados devido à pandemia da Covid-19. 

A Lei foi aprovada no dia 14 de maio em carater emergencial e aguarda sanção do governador que até então não aconteceu.

Sem contrato, os profissionais da educação estão sem receber salários e muitos passam por dificuldades financeiras. 

Conforme a professora Dadiani Mari Brusco, uma das organizadoras do protesto, o objetivo é sensibilizar o governo das dificuldades que os professores estão enfrentando por não terem os contratos renovados, eles alegam que por terem trabalhado no ano anterior foram excluídos do auxílio emergencial do governo federal. 

Dadiani ressaltou ainda que muitos desses profissionais que estão há cinco meses sem receber salários estão vivendo de doações. 

"Já tentamos de diversas formas sensibilizar o governador que sempre fala que se autorizar, é pego pela lei de responsabilidade fiscal. O auxílio aprovado é de R$ 1,1 mil por mês enquanto durar a situação de emergência por causa da pandemia."