Mato Grosso, Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
VOLTA ADS AULAS

EXCLUSIVO: Voltas as aulas em Sinop pode ser prorrogada afirma Secretária de Educação

Faltam medidores de temperaturas e vacina contra gripe para os professores

Da Redação

13/05/2020 às 14:50

EXCLUSIVO: Voltas as aulas em Sinop pode ser prorrogada afirma Secretária de Educação

A equipe de jornalismo do site SÓ INFORMAÇÃO, recebeu uma denúncia dos profissionais da Educação da rede municipal, eles estavam preocupados com a volta das atividades nas Escolas Municipais, que até o momento está marcada para o dia 18 de maio. Segundo eles as escolas não estão prontas para esse retorno, faltam medidores de temperaturas, tapetes sanitizantes, além de estarem preocupados uma vez que a Secretaria de Saúde não disponibilizou a vacina contra gripe para os profissionais da rede municipal de ensino.

Nossa equipe entrou em contato com a Secretária de Educação Veridiana Paganotti, que confirmou em primeira mão a nossa reportagem que a volta as aulas podem ser adiadas para uma data ainda não definida.

Ouça o Audio da Secretária de Educação:

Segundo Veridiana, de fato os Termômetros Digitais que serão usados para medir a temperatura dos alunos antes que eles entrem na escola, ainda não foram entregues a SME, ela disse que a Usina Sinop ficou responsável pela compra dos equipamentos e até agora não deu previsão de quanto os equipamentos chegarão.

Os tapetes sanitizantes também não estão disponíveis, a Secretária informou que os mesmos já foram comprados pela Secretaria mas ainda não foram entregues, e a Secretaria Municipal de Saúde não tem vacina disponível para os profissionais da Educação.

Diante de todos esses fatos apurados pelo site  SÓ INFORMAÇÃOe confirmados pela Sercretária Veridiane Paganotti, a responsável pela pasta confirmou que haverá uma reunião em que será provavelmente será definido a prorrogação do início da volta as aulas até que esses três itens sejam sanados.

Segundo ela os tapetes não seriam o problema, uma vez que os produtos de higienização estão disponíveis nas unidades escolares, mas os termômetros e a falta de vacina são os grandes problemas para o retorno as aulas no dia 18 de maio.

Veriana disse que a Secretaria e as Escolas não estão preparadas para volta as aulas, uma vez que este é um fato novo no mundo, falta produtos, falta informação, mas ela garante que não falta vontade por parte dos profissionais de Educação para enfrentamento do desafio e respeitar a vontade dos pais entre levar ou não os filhos as escolas, porem tudo só será feito com o mínimo de segurança garantiu a Secretária.