Mato Grosso, Domingo, 12 de Julho de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
BARRA DO GARÇAS

Gaeco deflagra operação “Boca Fechada” em combate ao tráfico

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, em diferentes localidades da Cidade

Da Redação

21/02/2020 às 11:04

Gaeco deflagra operação “Boca Fechada” em combate ao tráfico
reprodução

Na manhã desta sexta-feira (21), foi deflagrada a operação “Boca Fechada”, numa iniciativa da 1ª Promotoria de Justiça Criminal da Comarca de Barra do Garças em cooperação com o Gaeco – Núcleo Operacional do Polo Regional de Barra do Garças -, cujos trabalhos contaram com a participação efetiva das Polícias Civil, Militar e Penal, formando com o Ministério Público do Estado de Mato Grosso uma Força Tarefa de Combate ao Tráfico de Drogas na Cidade de Barra do Garças.

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, em diferentes localidades da Cidade, visando alvos estrategicamente investigados durante os trabalhos de apuração pelo Gaeco, tratando-se de pessoas altamente envolvidas com o tráfico de drogas, com inúmeras passagens pela prática de diversos crimes, alguns inclusive já condenados, todos eles vinculados a pontos de venda de entorpecentes que já vinham sendo monitorados pelas Polícias.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo Juiz de Direito da 1ª Vara Criminal da Comarca de Barra do Garças, Douglas Bernardes Romão, que acatou os pedidos formulados pelo Ministério Público, permitido a deflagração da Operação e o êxito dos trabalhos.

A força-tarefa envolveu 41 policiais civis, 24 policiais militares, um agente prisional e cão farejador, dois promotores de Justiça e três agentes do Gaeco, sendo que as Polícias Civil e Militar disponibilizaram no total 14 viaturas e oito motos para a execução dos trabalhos, garantindo o êxito das buscas realizadas na véspera de Carnaval.

Até o momento foram desarticulados seis pontos de venda de drogas (bocas de fumo), efetuadas cinco prisões em flagrante de alvos investigados na Operação, diferentes tipos de drogas (maconha e pasta base), petrechos, armamento e dinheiro do tráfico.

O Gaeco de Barra do Garças foi recentemente implantado por iniciativa do procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, tendo como coordenador regional o promotor de Justiça, Mauro Zaque de Jesus, contando a unidade atualmente com a atuação de dois promotores de Justiça, quatro agentes policiais (policiais civil e militares) e três analistas.