Mato Grosso, Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
DOCUMENTO OBRIGATÓRIO

Licenciamento de veículos com placa final 1 vence em 31 de janeiro

Após pagamento, condutor deve retirar documentação nas unidades do Detran-MT ou solicitar entrega vi

Da Redação

27/01/2020 às 09:23

Licenciamento de veículos com placa final 1 vence em 31 de janeiro
reprodução

Proprietários de veículos com placas final 1 têm até o próximo dia 31 de janeiro para efetuar o pagamento do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) anual. O documento, tanto para carro quanto para moto custa R$ 126,06 e a emissão pode ser feita em qualquer unidade do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), pelo site oficial da autarquia (www.detran.mt.gov.br) ou através do aplicativo “MT Cidadão”, que pode ser baixado em qualquer aparelho celular com tecnologia Android ou IOS.

O Detran-MT reforça que, para conseguir emitir o licenciamento anual do veículo, os motoristas precisam pagar todos os tributos, como o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que este ano poderá ser quitado em cota única ou parcelado em até seis vezes no boleto pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

Outro valor a ser pago para emitir o licenciamento é referente ao Seguro DPVAT, que continua com o pagamento obrigatório, conforme decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendendo a Medida Provisória nº 904, editada pelo presidente Jair Bolsonaro, em 11 de novembro.

O diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro, lembra ainda que, para conseguir emitir o licenciamento, além do pagamento do IPVA e Seguro DPVAT, também é preciso que o motorista quite possíveis multas para a regularização do veículo.

Atualmente, o processo de emissão do licenciamento anual do veículo representa mais de 50% da demanda diária de atendimentos do Detran-MT.

Entrega em casa

O proprietário do veículo também tem a opção de receber o licenciamento em casa, via Correios. Para isso, é necessário que o endereço esteja atualizado junto ao Detran-MT, e marcar, durante a requisição, a opção "RECEBA O SEU DOCUMENTO EM CASA”.

Os proprietários que estiverem com o endereço desatualizado no banco de dados do Detran-MT devem comparecer a uma unidade da autarquia com o comprovante de residência, documentos pessoais e do veículo para atualizar o cadastro.