Mato Grosso, Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020
Logo Só Informação
Informe Publicitário
SINOP

Secretaria executa tapa-buracos no Setor Industrial Sul

O trabalho objetiva melhorar as condições de trafegabilidade no local

Da Redação

15/01/2020 às 15:15

Secretaria executa tapa-buracos no Setor Industrial Sul
reprodução

A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos executa, nesta quarta-feira, 15/01, ações de tapa-buraco no Setor Industrial Sul. O trabalho objetiva melhorar as condições de trafegabilidade no local e amenizar problemas com acúmulo de águas, lama e barro nas ruas. O processo licitatório para o asfaltamento do local, contemplando mais de 40 mil metros quadrados de pavimento, está em andamento. Até lá, o município atua de forma preventiva e monitorando pontos críticos. 

"Sabemos que as chuvas das últimas semanas causam transtornos e a população sofre com a lama, o barro, com os buracos. Enquanto esperamos o término do processo licitatório para asfaltar o bairro, o município está atuando de forma preventiva. Pedimos a compreensão da comunidade, pois problemas dessa natureza são comuns em pontos onde não há asfalto. No entanto, não estamos deixando a população sem assistência", frisa Edilson Ticola, secretário municipal de Obras.

Em se tratando do bairro Industrial, a Prefeitura de Sinop reafirma seu compromisso com a população ao tirar do papel a pavimentação de um local que, há décadas, aguardava por tal serviço e que, antes, não era atendido. O Setor Industrial está incluso à programação de asfaltamento do programa lançado ainda no ano passado e que prevê investimentos de quase R$ 99 milhões. 

"Sabíamos da dificuldade que a população que mora nesse bairro enfrenta, inclusive os empresários. Nós estamos aí no início do arranca safra e nós temos que dar muita atenção à essa situação. Nós viemos ontem no bairro, andamos e, hoje, estaremos realizando essa operação tapa buraco, tanto nas ruas pavimentadas quanto nas que ainda não são. Se não concluirmos os trabalhos hoje, amanhã concluiremos.  Além dessa ação, nós temos um projeto que já está licitado, e estamos só aguardando para iniciar", reforça Ticola.