Mato Grosso, Sábado, 7 de Dezembro de 2019
Logo Só Informação
Informe Publicitário
VIOLÊNCIA

MT registra 1.850 casos de agressão a crianças e adolescentes em 9 meses

Também foram registrados 388 casos de maus tratos, 395 de abandono de incapaz e 44 de homicídios.

Da Redação

02/12/2019 às 19:44

MT registra 1.850 casos de agressão a crianças e adolescentes em 9 meses
Reprodução

Mato Grosso registrou 1.850 casos de agressão a crianças e adolescentes de janeiro a setembro deste ano, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp). Além disso, foram 1.098 casos de estupros, 388 de maus tratos, 395 casos de abandono de incapaz e 44 de homicídios.

Entra nas estatísticas crianças e adolescentes de 0 a 17 anos. A maioria dos casos registrados foram cometidos por familiares e ocorreram dentro da própria casa.

“Um vizinho que está vendo uma criança ser espancada e não denúncia deve paga por omissão, que muitas vezes é o maior crime. As escolas têm denunciado mais”, disse o conselheiro tutelar Odenil Valeriano da Silva.

A Comissão do Direito da Criança e do Adolescente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) tem realizado palestras e orientação sobre a lei que determina que toda a sociedade é responsável por proteger e garantir que crianças e adolescentes tenham uma vida digna, sem nenhum tipo violência.

“Realizamos um trabalho de orientação e de acompanhamento do processo para apoiar essas famílias”, ressaltou a presidente do Conselho, Tatiene Barros Ramalho.

Outros casos

No último mês, outros casos de violência contra crianças foram registrados em Mato Grosso e ainda não foram contabilizados nessas estatísticas.

Um deles é o caso do menino Davi Gustavo Marques de Souza, de 3 anos, que foi levado morto ao hospital, em Nova Marilândia, a 261 km de Cuiabá.

O laudo médico apontou como causa da morte espancamento e esmagamento, uma vez que, além das lesões externas, foram identificados vários pontos de hemorragia interna na região do abdômen da criança. Saiba mais.