Uma aventura interessante pelo Rio de Janeiro

0
641

Já se apaixonou por um lugar? Ou talvez por detalhes que existem nele? Onde tudo(ou quase) é belo, organizado, colorido, é azul…? Assim é o Rio de Janeiro, a famosa cidade maravilhosa do sudeste do país. Para quem não conhece, vou contar como é estar lá.

Viajar para o Rio de Janeiro é tão prazeroso, quanto qualquer outro lugar. É não perder tempo, não perder dinheiro, não se aborrecer. A cidade é linda e a organização é impecável. Para quem está indo de viagem, só digo: VÁ.

Logo que o turista chega percebe que, no ponto mais alto da cidade está o Cristo Redentor, no morro do Corcovado. Olhando em volta, no restante da zona sul, também é possível ver o Morro do Pão de açúcar e o Morro dois irmãos, os mais bonitos da região, além das praias de Copacabana e de Ipanema.

A cidade vista de cima é ainda mais bonita: No bairro da Urca fica o morro do pão-de-açúcar, nome dado também ao famoso bondinho. O teleférico fica ao pé do morro, com muita sorte, você consegue chegar em um horário que não esteja muito cheio e nem tenha muita fila. O primeiro passo é comprar a entrada, os R$ 62,00 (R$ 31 meia entrada, consulte regulamento) são bem recompensados na subida. Se o movimento estiver tranquilo, você passa a catraca e a aventura começa.

Pictures
Vista do Bondinho – Pão-de-Açucar

Logo na subida é possível ver de um lado a praia do botafogo, ela é imprópria pra banho devido á poluição das águas da Baía de Guanabara, mas é cheia de barcos e outras pequenas embarcações. Do morro do pão-de-açúcar, que é o mais alto, a visão é mais ampla, tem a vista do Aeroporto Santos Dumont, grande parte da cidade, a ponte que liga à Niterói (cidade vizinha). Do outro lado a imensidão do mar é magnífica, visão como nenhuma outra e também a praia de Copacabana, o morro dois irmãos, além de um belíssimo pôr-do-sol. É comum o bondinho ficar cheio no final da tarde pois muitas pessoas já ouviram falar que o pôr-do-sol visto de lá também é bonito, então com um barzinho, um banquinho e logo fica agradável até o anoitecer. Recomendo dar uma volta no Bairro da Urca e ao lado do Morro da Urca tem a pista Cláudio Coutinho e praia vermelha, excelente para uma caminhada e se refrescar.

IMG_20140202_154051
Praia de Ipanema

Saindo do Bairro da Urca e voltando a ver a cidade por baixo, vamos à Ipanema, a praia mais bonita e charmosa da zona-sul, Copacabana que me perdoe. Assim como outras, é muito movimentada a noite, principalmente por atividades físicas, pista de caminha cheia de bicicletas, skates, patins e as banquinhas de churros e milho cozido. Difícil era desviar de toda essa loucura. Se inspire e faça como eu, vá dar uma volta à beira mar, molhando os pés na água fria e observe em volta à cidade a noite, a Comunidade do Vidigal que fica em um morro parece uma árvore de natal. Em Copacabana não é muito diferente, só é preciso ter mais atenção por ela ser um pouco perigosa, em verdade, o Rio de Janeiro inteiro.

Por falar em perigo, as notícias que podemos acompanhar sobre violência, roubos, furtos e arrastões na praia não tem exagero. É sempre bom estar atendo com bolsas, jóias e acessórios. Na praia, evitar levar grande quantidade de dinheiro e objetos de valor, próprios moradores de lá passam essas recomendações.

Turistas, turistas, turistas, muitos turistas… É assim no Rio. Difícil é pedir pra alguém tirar uma foto, sem saber qual a origem da outra pessoa ou que língua que ela fala.

Andando um pouco mais em Copacabana, quem vai ao Rio não pode deixar de visitar o Forte de Copacabana e tirar fotos com as estátuas de Dorival Caymmi e Carlos Drummond de Andrade. O Forte é um museu histórico do exército, é possível fazer uma breve visitação Mas o melhor é poder ver toda a praia de Copacabana, fica praticamente de frente para ele. São minutos parados admirando um dos bairros mais famosos da cidade, aquela imensidão que abriga shows, eventos e até casamentos… difícil não se apaixonar.

IMG_20140209_180448
Bloco de carnaval de rua

Durante a semana eu não cheguei a ver, mas no canteiro que divide a Av. Atlântica tem uma feira, nos fins de semana, com vários tipos de objetos do Rio pra comprar. Tem roupas, acessórios, canecas… e os preços não são tão caros quanto aparentam. Legal também é que em épocas de carnaval, nos fins de semana as Avenidas de Copacabana e Ipanema ficam parcialmente fechadas para ensaios de blocos de rua. Antes de viajar acompanhei por um site chamado todo rio (http://www.todorio.com/) a programação e consegui assistir um deles.

Gostou desse pequeno passeio pela zona sul do Rio de Janeiro? Ainda está só no começo. Na próxima coluna eu conto sobre os pontos e atrativos da cidade.

Se inspire. Viaje.

Quem sou:
Alyne Campos Alyne Almeida Campos
Analista de Suporte de TI, apaixonada por viagens e aventuras
Aproveite curta essa e outras aventuras no meu blog: http://aventurainteressante.blogspot.com.br/

Comentários