14 C
Cuiabá
21 de Maio de 2018
Informe Publicitário
Home Tags Terreno

Tag: terreno

Com seis votos contrario projeto que autoriza cessão de terrenos a...

A Câmara Municipal de Sinop aprovou o projeto que passa dois terrenos do Município para a Águas de Sinop, o projeto foi discutido e aprovado na sessão ordinária realizada na tarde de desta segunda-feira (14)

Juarez Costa entrega matrícula das áreas para SESC e Sebrae

O prefeito Juarez Costa entregou ontem (07), as matrículas das áreas que foram doadas para o Serviço Social do Comércio (SESC) e para o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), sendo que as áreas têm 14.731 mil e 10 mil metros quadrados, respectivamente, para a construção das sedes próprias

Câmara aprova doação de área para Centro Socioeducativo de Sinop

Os vereadores aprovaram na 8ª sessão ordinária, realizada nessa segunda-feira (29), o projeto de Lei 016/2016, de autoria do Executivo, que prevê a doação de uma área de quatro hectares onde deve ser construído o Centro Socioeducativo de Sinop.

Quatro empresas deram 43 cheques para compra de terreno de R$...

Área de 10 mil metros quadrados está localizada na Beira Rio em Cuiabá

Juarez Costa repassa terreno para construção do Ganha Tempo

A Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social implatará ainda novas unidades nos municípios de Cuiabá (Grande Morada da Serra), Rondonópolis, Cáceres, Barra do Garças, Lucas do Rio Verde e Várzea Grande.

Juarez Costa assina termo de doação de área para novo Batalhão...

O prefeito Juarez Costa assinou nesta segunda (29) o termo de doação da área que abrigará a nova sede do Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar de Sinop.

Projeto que doa área para construção do novo quartel dos bombeiros...

Segundo o teor do projeto, a prefeitura está autorizada a receber uma área da Colonizadora Sinop, na quadra 109, Setor Industrial, atrás do Templo da Igreja Assembléia de Deus, na avenida Ruth de Souza Silva.

Terreno do Estado em volta do Palácio Paiguás estaria sendo vendido...

O terreno, propriedade do Estado, serviria como moeda de troca para o recebimento de dinheiro "vivo" valorado em aproximadamente R$ 14 milhões.