Contratos de aluguéis em Sinop pode ter sobre-preço de até R$ 500 mil ano

0
613

wollgranEm entrevista ao Apresentador Rudy Roger no Jornal Sinop Agora canal 02, o Vereador Professor Wollgran (DEM), disse que apenas em seis contratos fiscalizados até agora pela CPI dos aluguéis, a diferença de preço chega perto de  R$500 mil por ano.

Segundo o vereador, três empresas fizeram a avaliação dos referidos imoveis e a diferença varia de 25% à 150% dos valores praticados pelo mercado:

“É assustador, em apenas seis contratos fiscalizados pela comissão, chegamos ao absurdo de ter sobre-preço de mais de 150% do valor praticado em Sinop. Se somar todo o sobre preço destes seis contratos, podemos chegar próximo a 500 mil reais de diferença do que é praticado no mercado imobiliário e o que a prefeitura de Sinop paga, um prejuízo absurdo para os cofres públicos”. disse o vereador.

Wollgran explicou que três empresas fizeram os laudos de avaliação nestes seis imoveis, uma de Cuiabá, outra de Sorriso e a terceira é de Sinop, sendo que esta ultima esta desclassificada já que ela tinha fornecido um laudo de avaliação em um dos contratos investigados pela prefeitura, com isso a empresa poderia ter parcialidade no fornecimento dos laudos.

Ao todo a CPI dos aluguéis de Sinop investiga 59 contratos de locação, a prefeitura gasta próximo de R$ 5 milhões por ano em aluguel de prédios.

“Temos a consciência de que estamos fazendo um trabalho imparcial e que trará resultados positivos ao município, não podemos permitir que o dinheiro público seja desviado ou gasto de qualquer jeito. Sabemos que tem dois vereadores que assinaram contratos e fazem parte da CPI (Ademir Bortole (PROS) foi secretário de Governo, Nevaldir Graf o Ticha (PMDB) foi secretário de administração da atual gestão e assinaram a maioria dos contratos), e se entendermos que de alguma maneira eles atrapalharam a investigação vamos fazer um relatório separado e entregar ao ministério público, mas tenho que frisar que até aqui não observamos nem uma conduta que desabone os colegas”. Disse Wollgran ao apresentador Rudy Roger.

A CPI dos aluguéis é formada pelos vereadores Fernando Brandão (PR) presidente, Ademir Bortole (PROS) relador, Fernando Assunção (PSDB), Professor Wollgran (DEM) e Nevaldir Graf (PMDB) como membros.

Da redação Marcia Jordan

Comentários