Polícias apuram chacina por conflito agrário em vilarejo ilegal de Colniza

0
136

Equipes das polícias Civil e Militar se deslocam, na tarde desta quinta (20), para um vilarejo a 210 km de Colniza (a 1.118 km de Cuiabá) para verificar uma denúncia de que seis a 10 pessoas tenham sido mortas.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil, que informou que as equipes ainda estão em diligência no local e somente deverá ter mais informações sobre o caso no fim da tarde.

A informação quanto à verificação é do Comando Regional VIII da Polícia Militar. Ainda segundo a PM, uma equipe do Grupo de Operação Especiais de Rondônia também teria se deslocado para a região, que é famosa por ser palco de uma série de conflitos agrários, para apurar a situação.

O que se sabe até o momento é que a região em questão não se trata de um assentamento legalizado, e é denominado como Taquaraçu do Norte. Em 2011, mais de 700 pessoas foram expulsas da região.

Investigações da Polícia Civil realizadas há dois anos apontaram que os gerentes das fazendas comandavam uma rede de capangas, altamente armados, que usavam do terror na região para que a área fosse desocupada e o caminho ficasse livre para o escoamento da produção.

 

 

Fonte Barbara Sá/ RDNews

Comentários