Delegado da PF fala sobre suposto atentado ocorrido ao prédio da Justiça do Trabalho de Sorriso

O Delegado da Polícia Federal de Sinop, Samir Zugaibe, que está à frente das investigações sobre o suposto atentado a bomba, ocorrido na última quarta-feira (05), ao prédio da Justiça do Trabalho de Sorriso, falou sobre o caso.

Em entrevista coletiva à imprensa o delegado disse que as investigações levantaram algumas informações de como o atentado ocorreu. De acordo com Samir através de um levantamento das imagens das câmera de segurança de empresas e casas vizinhas, foi possível ver a ação do elemento:

“As imagens do sistema de segurança mostram um carro passando algumas vezes e logo em seguida uma pessoa se aproxima e ateia fogo, não foi possível ver o rosto do suspeito nas imagens”.

O delegado contou que o suspeito recebeu ajuda para cometer o crime:

“Tinha mais gente, o veículo passa na frente do prédio e logo depois essa pessoa desce do carro do banco do passageiro, quebra a janela com uma pedra e joga uma garrafa pet com gasolina em chamas em cima de um computador e foge”.

As investigações seguem para descobrir quem e o motivo do atentado. A Polícia Federal não descarta nenhuma hipótese e o trabalho de investigação vai da possibilidade de ser apenas um ato de vandalismo a um ato de vingança contra o órgão.

Fonte – 60segundos.net.br

Comentários