Policiais são apedrejados e sofrem ameaça durante busca e apreensão em Várzea Grande

0
45

Policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar, do 2º Comando Regional, em Várzea Grande, foram apedrejados e agredidos, física e verbalmente, durante uma ação na manhã desta sexta-feira (11), no bairro Vitória Regia. A violência contra os oficiais ocorreu enquanto eles faziam busca e apreensão em uma residência em que os proprietários, um casal, comercializavam drogas.

Segundo informações do Boletim de Ocorrências, a equipe comandada pelo tenente R. Carvalho, abordou um suspeito em uma motocicleta, durante o patrulhamento no bairro Monte Castelo, na mesma região do fato.

Na abordagem os policiais encontraram meia barra de substancia análoga a cocaína com Luiz Fernando Rodrigues. O suspeito alegou que não era dono da substancia e que iria ganhar R$ 300 pelo transporte da droga. Após receber voz de prisão, o mesmo indicou aos policiais para onde levaria o entorpecente.

Ao chegar na alegada residência, o suspeito Rodolfo Paiva Monteiro empreendeu fuga tão logo avistou os policiais, que o detiveram. Ao perceber que o marido seria preso, a esposa do suspeito, Alexsandra Santos Bastos, avançou na guarnição.

Do lado de fora da casa, vizinhos e familiares dos presos começaram a apedrejar as viaturas, que precisaram ser levadas para dentro do quintal da residência.

De volta ao interior da casa, durante busca e apreensão, os policiais encontram mais uma quantidade de cocaína, em um fundo falso do guarda-roupas do casal. Além da droga, os policiais também apreenderam R$ 2.337 em dinheiro, três bombas de água, uma maquita, uma máquina de serra, uma furadeira elétrica e quatro celulares.

Após a confusão, os suspeitos foram encaminhados para a delegacia, para que fossem tomadas as providencias cabíveis. Uma terceira mulher, cuja identidade não foi revelada, que filmou a ação, também foi levada para servir de testemunha.

 

 

 

Fonte:olhar direto

Comentários