Alunos do Projeto Cinema no Mato apresentam vídeos produzidos no I Festival de Curtas do Mato Grosso

0
113

Os alunos que participaram do Cinema no Mato terão a oportunidade de apresentar ao público todos os curtas-metragens produzidos nos quatro polos do projeto: Primavera do Leste, Sinop, Poconé e Barra do Garças, no I Festival de Curtas do Mato Grosso, realizado na cidade de Primavera do Leste, no Cine Teatro Vila Rica e na Praça da Matriz, entre os dias 13 e 16 de março.

Voltado para o empoderamento do jovem, o projeto Cinema no Mato atendeu, durante o ano de 2016, mais de 200 alunos de 14 a 19 anos de escolas públicas, oferecendo aulas de elaboração de roteiro, manuseio de equipamentos cinematográficos, preparação de elenco, filmagem, direção de arte, edição de vídeo e produção geral, além de discussões sobre práticas de preservação e outros assuntos que envolvem questões ambientais.

Realizado pelo Instituto Equipav, por meio da Lei Rouanet do Ministério da Cultura, produção da 3 Apitos Esporte + Cultura, patrocinado pelas concessionárias de água e esgoto administradas pela Nascentes do Xingu com o apoio das Secretarias de Educação e Cultura dos municípios, o projeto permitiu a formação de profissionais na área cinematográfica, possibilitando o acesso a equipamentos, programas e profissionais capacitados para prepará-los para o mercado cultural do cinema e vídeo.

Segundo a conselheira do Instituto Equipav, Dalila Toledo, muitos desafios fizeram parte desta experiência que, além de proporcionar aprendizados nos diversos setores de audiovisual, levantou questões críticas de preservação do meio ambiente. “O Festival trará reflexões sobre a importância da preservação ambiental, desejamos que essas contribuam para mudanças de hábitos porque só assim construiremos um futuro melhor”, destacou.

O gerente de operações da Nascentes do Xingu, Robson Cunha, agradeceu aos alunos participantes do Cinema no Mato e a todos que tornaram este projeto possível nos polos. “Foi uma honra poder patrocinar este projeto. Parabenizo o envolvimento e a dedicação dos estudantes, que estarão aptos a trabalhar na área de produção de vídeos. A iniciativa serve não só como porta de entrada para jovens interessados neste mercado, mas também investe no seu potencial e desperta o senso crítico sobre o contexto em que estão inseridos”, ressaltou.

O prefeito de Primavera do Leste, Getúlio Viana, participou da cerimônia de abertura do festival e destacou o apoio da Nascentes do Xingu no projeto Cinema no Mato. “Gostaria de parabenizar a empresa Nascentes do Xingu por investir nessa iniciativa fantástica e dar oportunidade aos jovens. É uma grande satisfação poder trabalhar o audiovisual na cidade e fazer algo positivo pela sociedade”.

Além dos filmes produzidos ao longo do projeto, o I Festival de Curtas do Mato Grosso apresenta também em sua programação outros curtas-metragens realizados no Estado, buscando valorizar a produção audiovisual por meio da criação de mais um ponto de contato entre público, artistas e produtores locais.

Fonte – Assessoria

Comentários