Adetec e Assembleia Legislativa debatem destino do lixo nesta quarta-feira (14), em Cuiabá

0
298

IMG_3352Em parceria com a Assembleia Legislativa de Mato Grosso, a Agencia de Desenvolvimento Sustentável e Tecnológico dos Resíduos Sólidos Córrego Limpo (ADETEC), propõe o debate sobre as questões relacionadas ao tratamento do lixo nas cidades mato-grossenses. Numa audiência pública, a entidade vai apresentar um relatório parcial de suas atividades. O evento acontece, nesta quarta-feira (14) no período da manhã, na sede do legislativo, em Cuiabá.

O objetivo é concluir um trabalha com sugestões que vão servir de base para a Assembleia Legislativa criar um projeto de elei estadual e, a partir disso, as prefeituras interessadas criarem projetos de política de resíduos sólidos municipais, para o tratamento do lixo em seus municípios. Entre os temas que serão debatidos estão: a elaboração de projetos de leis que permitam os municípios, criarem convênios com a Secretaria de Meio Ambiente (Sema), para a liberação de licenças ambientais.

A direção da Adetec conta a presença de pelo menos 14 prefeituras que já participam do projeto “Lixo, uma Visão Ambiental” de autoria da A ADETEC que tem feito um trabalho de identificação dos problemas causados pelos depósitos de lixo a céu aberto na maioria das cidades de Mato Grosso.

No último relatório, a Adetec apresentou ao legislativo, o terceiro relatório parcial com diagnóstico relacionado à gestão do lixo na região do Médio Norte, incluindo o pólo de Diamantino, composto por 14 municípios.

O documento foi entregue pessoalmente ao presidente do Parlamento estadual, deputado Guilherme Maluf (PSDB), que aproveitou para alertar os prefeitos reeleitos e os de primeiro mandato, a se adequarem as normativas da política nacional de resíduos sólidos e ao mesmo tempo, criarem mecanismos viáveis dentro dos prazos estabelecidos por lei, para também criarem suas políticas municipais de resíduos sólidos.
Para Maluf, o projeto pode ser referência para outros estados brasileiros e contemplar todos os municípios de Mato Grosso.

Comentários