Sakamoto e Vidal são escolhidos para presidência e corregedoria do TRE

0
79

Os desembargadores Pedro Sakamoto e Márcio Vidal foram os escolhidos do Pleno do Tribunal de Justiça para integrar a nova diretora do Tribunal Regional Eleitoral. Sakamoto e Vidal receberam 21 e 18 votos, respectivamente, em sessão administrativa realizada na tarde desta quinta (16). Terceiro mais votado, o desembargador Luiz Ferreira recebeu 13 votos. Na sequência, Sebastião Moraes obteve apenas 5 votos.

Agora, os nomes de Sakamoto e Vidal serão enviados de volta para a Corte do TRE, que deve realizar uma sessão na qual elegem o novo presidente e o corregedor. A votação do TRE para definir qual desembargador assume determinado cargo está prevista para ser realizada no mesmo dia da posse, em 14 de abril.

A Corte do Tribunal é composta por sete membros, hoje com a presidente Maria Helena Póvoas e o corregedor Luiz Ferreira da Silva, o juiz federal Paulo Cézar Sodré, os juízes de direito Rodrigo Curvo e Marcos Faleiros da Silva, e os juristas Flávio Alexandre Bertin e Ulisses Rabaneda. Todos votam.

Recondução

Antes de colocar os nomes dos inscritos em votação, o desembargador João Ferreira Filho apresentou uma proposição com o objetivo de evitar a recondução de desembargadores aos cargos no TRE. Por maioria, o Pleno votou no sentido colocar a medida em prática na próxima eleição, tendo em vista o adiantado trâmite do atual certame e elaborar um estudo jurisdicional sobre o aspecto legal da decisão, posi a Constituição permite a recondução em biênio consecutivo.

“Nunca fui simpático, diria mesmo que sou muito resistente à recondução. Sempre defendi que o sol deve brilhar para todos. Somos em 30, se cada desembargador que for encaminhado ao TRE ficar dois anos, vamos levar 20 anos para mandar 10. De modo que muitos não vão ter a oportunidade. A disputa fica desigual”, observou Orlando Perri. Neste sentido, o desembargador Marcos Machado defendeu a realização de um estudo para viabilizar a questão.

Fonte – RD News

Comentários