Prefeitos aprovam novo modelo de consórcio de saúde e assumem a gestão dos hospitais regionais

pref_lrvA partir de 1º de julho, os prefeitos dos 15 municípios que formam o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Teles Pires (CISRTP) serão responsáveis pela gestão dos recursos destinados aos dois hospitais regionais, localizados nas cidades de Sorriso e Sinop.

O novo modelo de gestão foi discutido e aprovado na manhã de ontem (09), durante reunião dos prefeitos com o secretário de Estado de Saúde, Marco Bertúlio e com o secretário extraordinário do Gabinete de Projetos Estratégicos, Gustavo Oliveira.

Com a aprovação do novo formato, o consórcio retomará a administração do Hospital Regional de Sorriso, atualmente gerido por uma Organização Social de Saúde (OSS) e passará também a administrar o Hospital de Sinop, ambos sob processo de intervenção do Estado.

“O Governo do Estado sugeriu um novo modelo de gestão dos recursos, baseado na organização que os municípios têm em consórcio. O que nós pretendemos é definir novos rumos para os hospitais, dentro de uma gestão profissional, enxuta, transparente e principalmente, eficiente”, ressaltou o prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta.

Atualmente, os dois hospitais recebem juntos do Estado aproximadamente R$ 110 milhões por ano, quase R$ 10 milhões por mês. O secretário de Estado de Saúde, Marco Bertúlio garantiu a manutenção do valor.

“A proposta do Estado é cumprir com a sua função e estar junto com os municípios não somente no aporte financeiro. Queremos que os serviços funcionem de forma satisfatória e o modelo consorciado é a melhor opção”.

Os recursos serão utilizados na compra conjunta de procedimentos médicos, medicamentos e outros utensílios de uso contínuo dos hospitais. Segundo Otaviano, a meta é investir melhor os recursos e garantir serviços de qualidade a população.

“Nós pretendemos modernizar e otimizar o custo da média e alta complexidade da região. Com os recursos destinados, nós vamos melhorar os serviços e ainda vai sobrar dinheiro pra investir em saúde”.

Os prefeitos, Otaviano e Dilceu Rossato, município de Sorriso, foram escolhidos pelos outros prefeitos para conduzir o processo de transição para o novo modelo de gestão. Algumas mudanças jurídicas serão necessárias para que a entidade possa receber e gerir os recursos.

Os municípios também precisarão aderir ao novo modelo de consórcio, via aprovação de projeto nos Poderes Legislativos locais. A data limite é o dia 30 de junho.

O acordo firmado entre os prefeitos será ratificado hoje (10), pelo governador Pedro Taques. Ele  faz parte da comitiva de governadores, deputados, senadores e empresários chineses que hoje discutirão em Lucas do Rio Verde, a viabilidade econômica da Ferrovia Transcontinental.

Além de Lucas do Rio Verde, Sorriso e Sinop, fazem parte do consórcio os municípios de Nova Mutum, Itanhangá, Tapurah, Nova Ubiratã, Ipiranga do Norte, Vera, Santa Rita do Trivelato, Cláudia, Santa Carmem, Nova Maringá, Feliz Natal e União do Sul.

Fonte Assessoria

Comentários