Equipe do governo visita Sinop para resolver pendencias na Saúde

Atendendo a um pedido do deputado federal Nilson Leitão (PSDB), o secretário chefe da Casa Civil, Júlio Modesto, esteve em Sinop nesta quarta-feira (25) acompanhado do controlador Geral do Estado, Ciro Gonçalves, do assessor especial da secretaria de Estado de Saúde, Wagner Simplício e o procurador Wilmer Cysne, para buscar uma solução para os problemas enfrentados pela Saúde no Município.

Na manhã da última segunda-feira (23), Nilson Letão procurou mais uma vez a equipe do governo, desta vez para relatar informações colhidas em reunião na tarde do sábado (21) em Sinop, quando ouviu vereadores, o secretário de Saúde de Sinop, André Marchioro, a diretora do Escritório Regional de Saúde, Francisca Teixeira e a administração do Hospital Santo Antônio.

Na reunião desta quarta-feira com a diretoria do Santo Antonio, ficou acertado que até sexta-feira (27), o governo deve repassar parte do que é devido, garantindo desta forma o pagamento de salários atrasados da equipe de funcionários. O restante do valor será negociado em um novo encontro na quarta-feira da próxima semana, quando o governo deve também formalizar a prestação de serviços através de contrato, ampliando, inclusive, a relação de serviços prestados.

Em relação ao Hospital Regional a decisão é de regularizar a situação de 18 leitos que embora já estejam sendo usados, não faziam parte do contrato inicial com a empresa que administra a unidade. Dentro de um mês outros 16 novos leitos serão habilitados para o uso. Para que o Hospital regional possa atender com 100% de sua capacidade, haverá um investimento de cerca de R$ 6 milhões, a partir do qual um novo contrato será firmado com a OS. Os recursos serão aplicados na reforma do hospital e para colocar em funcionamento as UTIs, adulto e infantil, por exemplo.

A expectativa do Governo é que no segundo semestre todos os 115 leitos do Hospital Regional estejam disponíveis, aliviando a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), uma vez que muitos pacientes estão ficando internados por período maior do que o previsto para este tipo de unidade de saúde.

No fim do dia Modesto conversou com os vereadores Dilmair Callegaro, Ícaro Severo, Luciano Chitolina, o representante do vereador Adenilson Rocha e o ex-vereador Fernando Assunção, todos do PSDB. Os vereadores cobraram a efetiva solução dos problemas na área da Saúde e uma melhor interação entre o governo e os aliados.

 

Fonte Assessoria

Comentários