Doadores de medula óssea terão direito à meia-entrada em Sinop

0
236

A prefeita Rosana Martinelli (PR) sancionou a lei aprovada pela Câmara Municipal de Vereadores que institui a meia-entrada para doadores de medula óssea em eventos culturais, esportivos, entretenimento, entre outros em Sinop, desde que estejam inscritos no Registro de Doadores de Medula Óssea (REDOME). De autoria do vereador Adenilson Rocha (PSDB), a lei passou pela aprovação do parlamento em março.

Publicada na edição eletrônica do Diário Oficial dos Municípios, em circulação de terça-feira (19), a Lei número 2.415/2017 é composta de quatro artigos que especificam em quais eventos a meia-entrada pode ser concedida, determinando, assim, sua aplicação, validade e exceções.

De acordo com o artigo primeiro, o pagamento da metade do preço do ingresso é assegurado no acesso às salas de cinema, cineclubes, teatros, museus, feiras, exposições zoológicas, parques, pontos turísticos, estádios, espetáculos musicais e circenses e eventos educativos, esportivos, culturais, de lazer, artes plásticas, entretenimento e artísticos em geral, no município de Sinop, promovidos por quaisquer entidades e realizados em estabelecimentos públicos ou particulares.

De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 4 milhões de doadores estão cadastrados no Registro Nacional de Medula Óssea (REDOME), atualmente o terceiro maior banco de doares de medula óssea do mundo. O país perde apenas para os Estados Unidos (7,9 milhões de cadastrados) e a Alemanha (6,2 milhões).

No Brasil, aponta o Ministério da Saúde, a chance de se identificar doadores compatíveis variam nas fases de busca preliminar e no final do processo. Respectivamente, chega a 88% na etapa inicial, enquanto, na final, 64%.

Fonte Leando J. Nascimento /Assessoria

Comentários