Professores municipais entram em estado de greve

0
74

Foi realizada na tarde de ontem, quinta-feira (14), a assembleia geral dos servidores municipais da educação de Alta Floresta, na qual deliberaram sobre ações a serem desenvolvidas para defender o direito de receber os seus salários em dia, uma vez que nos últimos meses a categoria vem recebendo com atraso, o que tem gerado insegurança para os servidores.

A assembleia ocorreu mesmo após o município ter efetuado o repasse dos salários, mas, o recurso utilizado para que o pagamento fosse feito preocupa os servidores, uma vez que segundo o Ilmarli Teixeira, representante do SINTEP, foi utilizado o repasse do FUNDEB que deveria ser usado para pagar a folha do mês que vem, ou seja, estão utilizando um recurso futuro para pagar folha atual.

“Usaram recurso que deveria ser guardado para o mês que vem, então isso acaba virando uma bola de neve, mês que vem a tendência é o salário atrasar novamente, então por isso estamos tomando essas decisões”, disse Ilmarli. Na assembleia os servidores assim definiram: Estado de greve a partir desde ontem, dia14/09. De 02 a 05/10 reuniões com a comunidade escolar para  informar sobre a situação dos atrasos salariais.

Dia 09/10 convocação dos meios de comunicação para informar sobre a situação do município. Dia 10/10 Greve geral com ato público na Câmara Municipal de vereadores e uso da tribuna previamente solicitado pela direção do Sintep/MT. Audiências com a câmara municipal e MP serão solicitadas.

O que é estado de greve

Estado de Greve é uma situação que é aprovada pelos trabalhadores, alertando o executivo que a qualquer momento poderão deflagrar uma greve. O Indicativo de greve é deflagrado pelos trabalhadores para estabelecer uma data mínima para se dar inicio a greve.

Fonte – NotíciaExata

Comentários