Municípios promovem avaliação do Plano Estadual de Educação

0
50

Os municípios mato-grossenses seguem realizando as pré-conferências de Avaliação do Plano Estadual de Educação. Nesta sexta-feira (27.10), foi a vez de Cuiabá e Rondonópolis (a 218 km da capital) realizarem as etapas locais do evento.

O prazo para que todos os municípios realizem a reunião e elejam os delegados que irão participar da Conferência de Avaliação do Plano Estadual de Educação (CONAPEE) se encerra na próxima segunda-feira (30).

O objetivo é revisar e adequar o Plano Estadual ao Plano Nacional, com metas e estratégias visando o aprimoramento educacional para o próximo decênio. As discussões ocorrem em torno de sete eixos temáticos: Sistema Único de Ensino; Planos de Educação e Educação Básica; Plano de Educação e Educação Superior; Valorização Profissional; Plano de Educação e as diversidades; Plano de Educação e Educação inclusiva e Plano de Educação e financiamento.

Participam dos debates representantes de todos os segmentos da área educacional, como diretores e dirigentes das escolas estaduais, municipais e particulares, gestores de instituições de ensino superior, representantes do sindicato dos profissionais da Educação, membros dos Conselhos Municipais, assessores pedagógicos, estudantes, pais ou responsáveis.

Em Cuiabá, o evento foi realizado em na Escola Estadual Cesário Neto e contou com a participação de 300 pessoas.

O secretário adjunto Política Educacional, da Secretaria de Educação, Esportes e Lazer (Seduc), Edinaldo Gomes de Sousa, destacou que a Conferência legitima as ações para os próximos anos, portanto, é o momento de rever as metas, para que o plano se torne possível de ser realizado.

“Por determinação do governo de Mato Grosso e do secretário de Estado de Educação, Marco Marrafon, a Seduc tem orientado e dado suporte técnico aos 141 municípios para a realização da etapa municipal da CONAPEE. Esse encontro é essencial para que a sociedade possa opinar, sugerir e decidir os rumos da educação no nosso Estado, em todas esferas: federal, estadual, municipal e particular”, lembrou.

De acordo com ele, a participação dos segmentos é de suma importância para o êxito das políticas públicas educacionais. “O Estado está empenhado em oferecer para a sociedade uma Educação com mais qualidade cientifica, humana e social”, finalizou.

O secretário municipal de Educação, Rafael Cotrim, falou sobre os desafios da gestão em busca de uma educação de qualidade e sobre a importância de rever o Plano, documento que norteia as ações dos gestores, atuais e futuros. Além disso, destacou a cooperação entre os entes federados – União, Estados e municípios -, na gestão da Educação, e a valorização dos trabalhadores na busca de escola pública ampla e qualificada.

Rondonópolis

Em Rondonópolis, a conferência municipal reuniu, no Centro Universitário Leonardo Da Vinci, durante todo o dia, cerca de 150 pessoas.

Participaram também das discussões o prefeito da cidade, José Carlos do Pátio, a secretária municipal de Educação, Carmem Garcia Monteiro, e autoridades municipais e estaduais ligadas à docência.

O prefeito afirmou que sua gestão está atenta a realizar aperfeiçoamentos no ensino ofertado aos alunos da rede pública e ressaltou que o município está à disposição para dar o suporte necessário à rede estadual de ensino no município. “Sou prefeito de Rondonópolis, mas meu compromisso é com a educação, tanto das escolas municipais quanto estaduais”.

Para a secretária de Educação, a participação dos profissionais que atuam nessa área é fundamental na definição dos objetivos. “Ninguém melhor do que os profissionais da educação para conhecer a realidade em que atuam e traçar as diretrizes para alcançarmos as metas definidas”.

Delegados

Durante o evento, os municípios também devem realizar a eleição para delegados que irão representar cada município na CONAPEE, que será realizada no período de 22 e 25 de novembro, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá.

A Conferência está prevista na Lei 1011/2014 que instituiu o Plano Estadual de Educação de Mato Grosso (PEE), que apresenta 17 metas básicas previstas para garantir a qualidade da educação no Estado de Mato Grosso, além de possibilitar revisão a cada três anos.

 

 

Fonte:mtgov

Comentários