Secretário da Casa Civil afirma que atendimento na saúde será normalizado em Sinop

Foto: Cleiton Cruz

Em entrevista coletiva o Secretário Chefe da Casa Civil, Julio Cezar Modesto, garantiu que o atendimento da saúde em Sinop será normalizado ainda no mês de maio. Segundo Modesto, Sinop atende uma região grande inclusive o sul do Pará e a regularização dos serviços são imprescindíveis para o Estado.

O Secretário informou que o Governo trabalha para contratação da GERIR, Organização Social de Saúde responsável pela administração e serviços prestados na saúde pelo Hospital Regional de Sinop, e a empresa será responsável por fazer uma reforma no HRS no valor de R$ 6 mi, com isso ainda no mês de maio deve acontecer a inauguração de novos leitos chegando a 85 na unidade hospitalar.

Sobre o Hospital Santo Antônio, o Secretário garantiu que o Estado está trabalhando para firmar o contrato de prestação de serviço com a Fundação, e manter regular os serviços prestados a população, hoje o contrato firmado entre Estado e Santo António é de indenização aplicado pela Justiça. Duas reuniões foram realizadas com os diretores da Fundação, Secretário da Chefe daCasa Civil e Procurador Geral do Estado, sendo que a ultima no Fórum da Comarca de Sinop com o objetivo de regularizar o contrato e garantir o atendimento.

“Quero afirmar que o serviço está normalizado, nós fizemos uma ata em audiência no Fórum de Sinop e temos avanços nesta pauta, o Procurador do Estado esteve conosco e ficou estabelecido que o atendimento continua, vamos retornar e trataremos da renovação, ou seja a contratação dos serviços para que o atendimento do Hospital Santo Antônio fique normalizado dali pra frente. Quero afirmar que nada foi alterado o atendimento continua e o cidadão não precisa se preocupar pois a Fundação até ser firmado o novo contrato está atendendo.” Disse Julio Cezar Modesto, Secretário Chefe da Casa Civil/MT ao Site Só Informação.

Hoje a Fundação atende serviços de Obstetrícia, nefrologia, oncologia e UTI adulto e neonatal pelo Sistema Único de Saúde (SUS), através de liminar do Juiz Substituto da 6ª Vara Cível do Fórum de Sinop, Dr. Cleber Luis Zeferino de Paula, em ação do Ministério Público Estadual (MPE), que solicitou providencias do Estado para impedir suspensão dos serviços, através da Fundação Santo Antônio.

 

Da redação Rudy Roger

Comentários