PDT tenta conquistar mais seis partidos para lançar Pivetta ao governo ou compor vice de Mauro

Em reunião com seis partidos, na tarde desta quinta-feira (10), líderes do PDT conversaram sobre projetos de oposição ao atual governo nas eleições de outubro e garantiram que a legenda irá lançar o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta candidato ao Governo do Estado ou como vice de Mauro Mendes (DEM), caso ele entre na disputa.

Na reunião, em que participaram representantes do PSDC, PTC, PRP, PTC, PMN, Pros, Avante e Podemos, o presidente estadual do PDT, deputado Zeca Viana, e Pivetta apresentaram propostas e se disseram satisfeitos com a reação dos possíveis aliados.

“Foi uma conversa muito boa, avançou muito a ‘frentinha’ composta por estes seis partidos. Eles ficaram muitos satisfeitos com as propostas do Pivetta. Eles também têm o pensamento de um estado que seja bom para os mato-grossenses. Eles estão ouvindo os pré-candidatos para escolherem aquele nome que vão acompanhar, mas percebi pelo entusiasmo deles, que vamos continuar estas conversas para daqui um mês estar com o martelo batido para dar o grande inicial à nossa campanha”, disse o deputado ao sair do encontro.

O parlamentar ainda declarou que Pivetta já é dado como pré-candidato ao governo e que no caso do ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes lançar sua candidatura pelo Democratas, o pedetista será o seu vice.

“A candidatura do Pivetta já está batido o martelo, o Pivetta é o nosso pré-canidadto. Pode sim haver uma mudança, mas hoje ele é o nosso nome. A única possibilidade que tem de mudança seria o Pivetta ser o vice do Mauro, existe esta a possibilidade, caso contrário não existe mudança”, afirmou.

O deputado também afirmou que Pivetta vem tendo conversas com o também pré-candidato ao governo pelo PSL, Dilceu Rossato em busca de apoio e que o PDT pretende se reunir com o senador Wellington Fagundes para a oposição ter apenas um candidato forte contra o atual governador.

“O Otaviano Pivetta tem conversado com o Rossato quase toda semana. Eles são muito amigos e eles estão tendo um entendimento entre eles. Depois de decidir se o candidato será o Pivetta ou o Mauro, vamos sentar com o Wellington e ter este entendimento. Nosso objetivo é unir todos os partidos da oposição para ter candidato único contra a reeleição de Pedro Taques”, destacou.

 

Fonte – Olhar Direto

Comentários