Mais de 500 casos de hanseniase foram diagnosticados no ano de 2017 em Sinop

Em Sinop 543 pessoas foram diagnosticadas com hanseniase no ano de 2017, todas moradoras do Município, o número fica ainda maior quando somados aos pacientes que fazem tratamento, chegando a 741 casos, os números são do Centro de Referencia de Hanseníase e Tuberculose de Sinop que atende 14 municípios da Região. 40 pacientes foram diagnosticados com tuberculose, destes 36 pessoas são moradoras de Sinop e as outras 4 de cidades vizinhas.

A situação é preocupante se levar em conta que a fila de espera para uma consulta com um especialista é do mês de maio de 2017, e neste caso o numero de pessoas com as doenças pode ser ainda maior, sem contar que a pessoa infectada pode transmitir a hanseniase ou tuberculose por vias respiratórias e o inicio do tratamento é fundamental para combater a proliferação das patologias. Toda medicação é gratuita e fornecida pelo Mistério da Saúde.

Quando alguém esta com a doença todos os familiares próximos precisam fazer o exame de contato para saber se elas não foram infectadas. A hanseniese pode deixar graves sequelas nos pacientes, já a tuberculose pode matar a pessoa infectada.

Foto: Welivelton Maranhão

O maior problema que os funcionários do Centro de Referencia de Hanseniese e Tuberculose vem enfrentando é as péssimas condições de trabalho, o prédio está precisando de reforma, com portas caindo, vidraças quebradas, pouca iluminação, bebedouro no corredor entre outros problemas, e como Sinop atende 14 municípios as condições de trabalho são fundamentais para dar celeridade no atendimento e segurança aos profissionais que ali trabalham.

Da redação Rudy Roger

Foto: Welivelton Maranhão
Foto: Welivelton Maranhão
Foto: Welivelton Maranhão
Foto: Welivelton Maranhão
Foto: Welivelton Maranhão

Comentários