Leitão defende renúncia de Temer e pede que a Presidente do STF Carmem Lúcia conduza nova eleição

0
1228
Foto: Ademir Jr.

O Deputado Federal e Presidente Estadual do PSDB Nilson Leitão, se pronunciou na tarde desta quinta-feira (18), sobre a crise política instaurada no Brasil depois do vazamento dos áudios envolvendo o Presidente da República Michel Temer (PMDB) e o Senador Aécio Neves. Para Leitão a decisão do Senador Mineiro em se afastar da Presidência da cicla tucana foi a coisa certa a se fazer neste momento.

Em entrevista ao Site Só Informação, Nilson garantiu ser favorável que o partido saia do governo e entregue os quatro Ministérios que hoje o partido ocupa, para ele as denúncias são serias e exige investigações rápidas para que  a crise não se agrave ainda mais.

Eu penso que o PSDB tem que deixar o governo e o Presidente renunciar o cargo, também fui favorável que Aécio deixasse a Presidência do Partido e foi a decisão acertada neste momento. Não podemos fazer julgamento precipitado, porem o Brasil precisa vir em primeiro lugar e já vimos em poucas horas as consequências negativas que tudo isso trouxe a nação” Disse Nilson Leitão ao Só Informação.

Leitão tem a opinião que os Presidentes da Câmara – Rodrigo Maia (DEM), e do Senado Eunício de Oliveira (PMDB), que estão a linha sucessória da Presidência, caso Temer renuncie que os lideres do Congresso abram mão da cadeira e que a Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmem Lúcia, conduza as eleições indiretas em trinta dias para dar transparência total ao processo.

“Não tenho duvida que se Temer renunciar o Presidente da Câmara e do Senado deveriam abrir mão da cadeira e a Ministra do STF Carmem Lúcia assumisse a Presidência da República para condução das eleições indiretas em trinta dias, pois neste momento a constituição só nos da esta opção”. Garantiu Leitão.

Nilson disse ter ouvido a gravação envolvendo Michel Temer e achou no mínimo deselegante para um Presidente ter este tipo de conversa no Palácio Oficial do Governo.

“Acabei de ver a gravação do Presidente com o empresário e não posso achar correto este tipo de conversa no Palácio Oficial da Presidência, foi deselegante e cabe ao Presidente esclarecer tudo isso” Finalizou Nilson Leitão (PSDB) em entrevista ao Só Informação.

Confira a Nota Publicada pelo Deputado Nilson Leitão na integra:

NOTA À IMPRENSA

Diante da crise partidária que se abateu sobre o meu partido, e da convulsão institucional que já assolava o país há tempos e se agravou nas últimas 24 horas, gostaria de deixar clara a posição que defenderei:

– Defendi o Afastamento do senador Aécio Neves da presidência do PSDB,até que sejam esclarecidas as denúncias que pesam sobre ele;

– Desembarque imediato do PSDB do Governo de Michel Temer, com a entrega dos cargos pelos ministros do partido;

– Renúncia do presidente Michel Temer, para permitir que a estabilidade seja reestabelecida nesse momento tão crítico do país; Mesmo entendendo a melhora da economia e do emprego, é necessário estancar a crise imediatamente;

– Disposição dos presidentes da Câmara e do Senado em abrirem mão da linha sucessória para a Presidência da República na vacância do cargo, permitindo que a presidente do STF assuma o cargo interinamente;
– Condução de novo processo eleitoral pela presidente do STF, Carmen Lúcia, em no máximo 30 dias, como determina a Constituição Federal.

Dep. Nilson Leitão (PSDB-MT)

Da redação Rudy Roger

Comentários