Justiça determina retirada de famílias em área de reserva no Jardim dos Ipês em Sinop

A Polícia Militar com o apoio da Guarda Municipal de Trânsito cumpriu na manhã desta quarta-feira (16), mandado de reintegração de posse expedido pelo Juiz da 6˚ Vara, Dr. Mirko Vincenzo Giannotte, que em seu despacho pediu a desocupação das áreas de Reserva Hídrica R1 e R2, no jardim dos Ipês em Sinop.

O pedido de liminar foi encaminhado pelo município ainda em fevereiro de 2017, os oficiais notificaram as famílias na época para que as famílias desocupassem as casas e barracos que foram construídas pelos invasores ao longo do tempo e que uma avaliação fosse feita para uma possível indenização no futuro, com isso as famílias oferecendo as famílias uma forma voluntaria para se retirarem do local, a determinação do Juiz não foi cumprida pelos invasores.

Diante da não desocupação voluntaria a justiça solicitou apoio da PM e com a Tropa de Choque da PM e apoio da Guarda Municipal de Transito as famílias foram retiradas.

O Dr. Carlos Melgar que trabalha na procuradoria do Município conduziu a reintegração de posse da área ocupada,  segundo ele o local é de preservação permanente e todas as famílias estão sendo retiradas do local, sem contar que algumas pessoas invadiram o terreno e venderam posteriormente.

“Estamos aqui cumprindo uma determinação do Juiz da 6˚ Vara Dr. Mirko, queremos agradecer o apoio da Polícia Militar em nome do comandante MarioWillians, que conduziu com a tropa de choque de forma muito tranquila e pacífica essa desapropriação, este local é uma área de preservação permanente e algumas pessoas já tinham até comercializado esses terrenos, porem agora está reintegrado ao município. A Procuradoria do Municipio entrou na justiça solicitando a retirada de invasores de outras áreas institucionais do município ocupada irregularmente e acreditamos que em breve ações como essas voltem a acontecer.” Disse o Dr. Carlos Melgar ao Só Informação.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, juntamente com a Sema também acompanhou o cumprimento da Ordem, para identificar, autuar e penalizar os responsáveis pela degradação ambiental.

O Município disponibilizou o ginásio do Jardim Violetas para que os pertences dos invasores fossem depositado pelo prazo de cindo dias.

 

Da redação Rudy Roger

Comentários