Governo investiga empresas suspeitas de desviarem R$ 20 milhões de obras

0
46

governo do estado abriu um processo administrativo para investigar a falha na execução de um contrato com duas empresas responsáveis por obras do antigo projeto MT Integrado. De acordo com a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra-MT), as empresas são suspeitas de irregularidades na supervisão de obras de pontes entre 2012 e 2014.

A instauração do processo foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE).

De acordo com o governo, o objetivo é ressarcir o erário e impedir que as empresas voltem a participar de licitações e contratar com o poder público.

O processo é baseado em um relatório feio pela Controladoria Geral do Estado (CGE-MT). O documento aponta as irregularidades no contrato firmado com a antiga Secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana (Septu).

As empresas são acusadas pelo governo de interromperem a execução do contrato, não acompanhamento das obras e de usar quantitativo de mão de obra inferior ao contratado. A estimativa é de que as empresas tenham causado prejuízo de R$ 20,7 milhões.

Comentários