Governo decreta situação de emergência no Hospital Regional de Sinop e mais 6 unidades

O Governo do Estado decretou situação de emergência no Hospital Metropolitano de Várzea Grande e nos hospitais regionais de Rondonópolis, Sinop, Sorriso, Alta Floresta, Colíder e Cáceres.

O documento foi assinado pelo governador Pedro Taques (PSDB) e publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) que circulou nesta quarta-feira (31).

Segundo a portaria, o decreto vale por 180 dias, no entanto os pacientes, que são atendidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), não devem ser prejudicados.

A suspensão ocorre devido à necessidade de transição da ocupação temporária para a gestão direta dos hospitais por parte do Governo.

O prazo seria para encerrar todos os processos administrativos em curso aos contratos de gestão com as antigas administradoras – as OSS (Organização Social de Saúde) -, que tiveram os contratos rescindidos desde 2014.

Em agosto do ano passado o Governo já havia decretado situação de emergência em quatro hospitais públicos, também por 180 dias, para que fosse começada  a transição.

 

 

Fonte Jad ¬laranjeira

 

 

 

 

Comentários