Sinop terá laboratório de Diagnóstico animal

Foto Ilustrativa
Foto Ilustrativa

Mato Grosso ganhará uma unidade do Laboratório Nacional de Diagnóstico Animal (Lanagro), órgão do Ministério da Agricultura. A unidade será instalada em Sinop, região Norte.

A ministra Kátia Abreu, durante audiência pública na Comissão de Agricultura do Senado, anunciou o benefício ao líder do PR no Senado, Wellington Fagundes.

O lançamento do Lanagro deverá acontecer no final deste mês, durante visita programada pela ministra ao Estado.

“Essa é uma reivindicação antiga porque Mato Grosso possui o maior rebanho bovino do Brasil e não dispunha de uma unidade de Diagnóstico Animal. Agora, a produção de proteína animal no Estado deve avançar muito”, disse o senador, ao destacar que o Lanagro é importante para garantir a qualidade de produtos de uso veterinários utilizados em campanha sanitária, como o programa de erradicação da febre aftosa.

Os laboratórios desempenham papel fundamental nas ações de monitoramento, controle e fiscalização de alimentos, bebidas e insumos produzidos e comercializados no Brasil. Os Lanagros, com suas diversas unidades operando ativamente nessas áreas, fornecem informações valiosas para os serviços de inspeção e fiscalização, não só do ponto de vista analítico, mas também em cooperações, estudos e projetos de pesquisa voltados para a segurança do alimento e à detecção de fraudes econômicas.

MT

Mato Grosso lidera o ranking nacional de rebanho bovino e, de acordo com Wellington, segue em expansão. Conforme censo realizado pelo Indea, durante a etapa de vacinação contra a febre aftosa em novembro do ano passado, constatou-se o avanço da atividade pecuária no Estado, com aumento de 2,7% do número de bovinos. Com isso, o plantel passou de cerca de 28,5 milhões de cabeças para aproximadamente 29,2 milhões – um acréscimo de mais de 771 mil animais, sendo cerca de 590 mil fêmeas até 25 meses (matrizes) e aproximadamente 174 mil bezerros de 0 a 12 meses.

O laboratório será instalado na unidade da Embrapa, que, segundo o senador, tem as condições adequadas. “É, seguramente, um dos centros de pesquisas para avançados do Brasil e que tem dada colaboração importante para o crescimento da atividade agrícola, pecuária e florestal em Mato Grosso e no Brasil” – disse o parlamentar.

Atualmente, o Brasil dispõe de seis Lanagros. Eles estão instalados em Belém (PA), que atende a região Norte do Brasil; Recife (PE), para a produção do Nordeste; em Goiânia (GO), para atender a região Centro-Oeste; São Leopoldo (MG), para atender a região Sudeste; e, em Porto Alegre (RS), que atende a região Sul.

 

 

 

Fonte Assessoria

Comentários