Rusco Fusco

Até o dia 07 de abril o eleitor vai ver muitas mudanças no cenário politico de Mato Grosso, eternos amigos podem se tornar inimigos ou vice-versa, o que foi dito no passado será desmentido no presente já que dia 07 é a data final para mudanças de partidos e descompatibilização de quem ocupa cargo público e sonha concorrer as eleições.

Nomes como o da Juíza Selma Arruda, ex prefeito de Sorriso Dilceu Rossato, Ex-senador Jaime Campos, ex-prefeito de Sinop Juarez Costa, Mauro Mendes, Nilson Leitão, Pedro Taques e muitos outros são cotados para Governo ou Senado.

Neste cenário até quem aparentava estar forte e unido como era o caso do DEM teve um alvoroço com a ameaça de saída declara de Dilmar Dal’Bosco ex-presidente da sigla.

No PSDB, Pedro Taques por onde passa mostra-se isolado e forçando uma barra para se fazer forte, os correligionários tentam mostrar que o homem do governo vai ganhar fácil caso concorra a reeleição, detalhe que nem eles os próprios tucanos acreditam nisso.

Nesse rusco-fusco da politica Matogrossense, quem sai na frente se mostrando mais organizado e aparentemente falando a mesma língua é o time de oposição, tanto Wellington Fagundes (PR), como Dilceu Rossato (PSL), conseguem convencer os partidos e lideranças que serão candidatos.

Já na base do Governo o único que se mostra inabalável é o pré-candidato ao Senado Nilson Leitão (PSDB), sabe o que quer e segue firme rumo ao seu projeto. Pedro Taques, Mauro Mendes, Jaime Campos e Carlos Fávaro brigam por um lugar no pleito de 2018 o tempo é curto e poucas vagas para tanto cacique pode ser um atrapalhado.

Comentários