Produtores de Mato Grosso têm até dia 15 para semear soja em áreas críticas

0
346

plantio_direto-reproducao-internet(13)Os produtores de soja possuem até sexta-feira, 15 de janeiro, prazo para plantar soja em Mato Grosso nas lavouras que apresentaram perdas e em áreas consideradas críticas em decorrência à estiagem de chuva no período da semeadura. As regiões Nordeste e Médio-norte do estado foram as que apresentaram grande parte das lavouras em situações consideradas ruins e péssimas.

A prorrogação da semeadura da soja em 15 dias foi autorizada pelo Governo de Mato Grosso em 23 de dezembro, por meio da Portaria Conjunta nº 050/2015 da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea). Com isso a colheita da oleaginosa em Mato Grosso poderá ser realizada até o dia 20 de maio.

A possibilidade de mudança do calendário da safra 2015/2016 já era prevista, diante o atraso das chuvas e problemas registrados nas lavouras entre os meses de setembro e dezembro.

Até o dia 7 de janeiro, Mato Grosso havia semeado 99,8% dos 9,203 milhões de hectares projetados. O avanço foi de apenas 0,8 pontos percentuais em relação ao último acompanhamento de semeadura do grão realizado no dia 17 de dezembro pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). No levantamento não está contabilizado o percentual da área que passou por replantio.

Em lavouras onde a colheita já iniciou, segundo relatos de produtores, tem-se verificado uma produtividade média entre 20 e 50 sacas por hectare.

Na última segunda-feira, 12 de janeiro, o Imea divulgou nova estimativa de safra 2015/2016 que aponta quebra de 1,25 milhão de toneladas ante as 29,067 milhões de toneladas esperadas. Caso os níveis de produtividade se mantenham e nenhuma outra intempere climática atrapalhe o avanço da cultura, as novas projeções apontam uma produção de 27,817 milhões de toneladas.

Chuva

A previsão para Mato Grosso nos próximos dias é de pancadas de chuva e trovoadas isoladas. A máxima deve ficar na casa dos 34ºC.

Em Cuiabá, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os termômetros podem chegar a 30ºC com previsão de pancadas de chuva.

Para Nova Xavantina, um dos municípios mais afetados pela estiagem, o tempo deverá permanecer encoberto com pancadas de chuva até o final de semana.

O Inmet prevê para Sorriso tempo encoberto com chuva até domingo, 17 de janeiro. Já para Cáceres e Rondonópolis muitas nuvens com chuva.

Comentários